Tite não vê mais tempo para novo auxiliar e cita dirigentes como bons nomes para chefiar delegação

Técnico da Seleção Brasileira foi entrevistado pelo canal "3 na Área", no YouTube, e falou do motivo pelo qual não terá um novo auxiliar, mas não descartou nome em outras funções

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


técnico Tite tem participado de algumas entrevistas nesses meses que antecedem a Copa do Mundo e, com isso, vem abordando assuntos que ficaram pendentes anteriormente, como um possível auxiliar para a sua comissão técnica, cujos nomes cogitados foram de Xavi até Muricy Ramalho. No entanto, isso não deve acontecer e outras funções devem ser pensadas para a entrada de uma pessoa.

Em entrevista para o canal “3 na área”, no YouTube, o treinador da Seleção Brasileira foi questionado por Tiago Leifert sobre a possibilidade de trazer um novo membro para a comissão, mas admitiu que o tempo acabou passando e agora ficaria difícil.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

– Passou o tempo. O que essas pessoas, no caso o Muricy e o Júnior trariam num momento, agora a gente perderia tempo no entrosamento, buscando esse entrosamento com todos.

No entanto, Tite admitiu que se pensa em um nome para ocupar uma outra função dentro do grupo que vai para a Copa do Mundo do Qatar, como um chefe de delegação. Para isso, o treinador citou um ex-presidente do Palmeiras e o atual do Fortaleza.

– A não ser uma grande pessoa que possa ser o chefe da delegação, que seja uma pessoa de paz, de boa, como a gente teve o Marcelo Paz, presidente do Fortaleza, o Maurício Galiotte, ex-presidente do Palmeiras, dois caras extraordinários no convício, no aspecto positivo, poderia lembrar de outros, mas esses dois foram marcantes.

Tite divulgará uma lista de convocados no dia 9 de setembro, a última antes da Copa do Mundo. Os jogadores chamados disputarão dois amistosos na Data Fifa: contra Tunísia, em 23 de setembro, e Gana, em 27 de setembro. Após isso, somente a convocação para o Qatar.

Fonte lance
você pode gostar também
×