Petrobras reduz preço da gasolina em 6,1% e do diesel em 8,2%

Medida é válida a partir desta quarta-feira (7/12). Preço médio da gasolina nas refinarias passará de R$ 3,28 para R$ 3,08 por litro. No caso do diesel A, preço de venda do litro passará de R$ 4,89 para R$ 4,49

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


Petrobras anunciou, nesta terça-feira (6/12), nova redução de preços dos combustíveis vendidos nas refinarias. A partir de amanhã, o preço da gasolina sofrerá redução de 6,1%, passando de R$ 3,28 para R$ 3,08 por litro, redução de R$ 0,20 por litro. No caso do diesel A, o preço médio da venda do litro passará de R$ 4,89 para R$ 4,49, uma redução de R$ 0,40 por litro, ou 8,2%.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

A última redução do preço da gasolina ocorreu em 2 de setembro deste ano. Agora, deverá haver pressão internacional ocasionada pela decisão da União Europeia de impor um limite de preço de US$ 60 por barril para o petróleo russo. Além disso, há oferta limitada no mercado, uma vez que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e seus aliados, incluindo a Rússia, estão mantendo suas cotas de produção de petróleo inalteradas.

Preço ao consumidor

Assim, considerando a mistura obrigatória de 73% de gasolina A e 27% de etanol anidro, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor será, em média, R$ 2,25 a cada litro vendido na bomba. Para o diesel, a mistura obrigatória de 90% de diesel A e 10% de biodiesel faz com que a parcela da Petrobras no preço ao consumidor seja, em média, R$ 4,04 a cada litro vendido na bomba.

Por meio de nota, a estatal informa que “essas reduções acompanham a evolução dos preços de referência e é coerente com a prática de preços da Petrobras, que busca o equilíbrio dos seus preços com o mercado, mas sem o repasse para os preços internos da volatilidade conjuntural das cotações e da taxa de câmbio”.

Newsletter

Assine a newsletter do Correio Braziliense. E fique bem informado sobre as principais notícias do dia, no começo da manhã. Clique aqui.

Cobertura do Correio Braziliense

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Correio Braziliense nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram, no TikTok e no YouTube. Acompanhe!

Fonte correiobraziliense
você pode gostar também
×