Secretário da SSP Wlademir Costa busca parcerias junto ao Ministério da Justiça

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


Em reunião com o secretário nacional de Segurança Pública (Senasp), Coronel Carlos Paim, o secretário de Segurança Pública do Tocantins (SSP), Wlademir Costa, tratou de assuntos de interesse da área no âmbito da SSP e do Estado. A reunião aconteceu na manhã desta segunda-feira, 23, em Brasília, na Senasp, órgão vinculado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Na ocasião, o secretário da SSP, Wlademir Costa, apresentou o projeto “Integra PC – Ensino Policial Integrado” para o qual solicitou apoio quanto à munição para treino nos cursos itinerantes. Outra solicitação foi quanto à disponibilidade de mais uma aeronave para o Centro Integrado de Operações Aéreas do Tocantins (Ciopaer), pedido que foi reiterado ao secretário nacional de Políticas sobre Drogas e Gestão de Ativos (Senad), Paulo Gustavo Maiurino.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

“Saímos daqui bem impressionados e satisfeitos com a receptividade do secretário Coronel Carlos Paim que se colocou à disposição para as nossas demandas. Acreditamos que em breve vamos colher frutos dessa primeira conversa em prol da melhoria da segurança pública do nosso Estado”, destacou o secretário Wlademir Costa.

No início da tarde, a agenda foi com a diretora de Inteligência da Secretaria de Operações Integradas (SEOPI/MJSP), delegada Marília Alencar, para tratar sobre a integração das forças de segurança na área da Inteligência. Nesta reunião, também estavam presentes o coordenador de Inteligência Integrada, Leonardo Araújo, e o delegado de Polícia do Tocantins, Ademárcio de Moraes, que também atua na Diretoria de Inteligência da SEOPI/MJSP.

Acompanharam o secretário Wlademir Costa, o corregedor-geral da SSP, Wanderson Chaves; o diretor do Ciopaer, Major Gustavo Bolentine; a diretora da Escola Superior de Polícia, Heloísa Godinho; e os delegados Mozart Félix e Milena Albernaz, que atuam como assessores de representação do Tocantins em Brasília.

Durante a agenda, a diretora da Espol, Heloísa Godinho, também visitou a sede do Centro de Monitoramento da Força Nacional, tratando de cursos futuros para as forças de segurança do Tocantins.

Integra PC

Lançado recentemente pela Escola Superior de Polícia (Espol), o projeto Integra PC tem por objetivo a qualificação integrada das forças estaduais de segurança pública do Estado do Tocantins tendo como público-alvo os policiais civis, integrantes da Polícia Científica, policiais militares, bombeiros militares e policiais penais.

Fonte portalstylo
você pode gostar também