Lula tem dia de gravações, e Bolsonaro critica ação da PF

Ciro Gomes (PDT) comenta sobre “Lei Antiganância”, e Tebet criticou a possibilidade de flexibilizar as regras para o porte de armas no Brasil

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


Nesta quarta-feira (24), os candidatos à Presidência que lideram as pesquisas de intenção de voto cumpriram uma série de compromissos campanha pelo país.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) passou o dia gravando materiais de campanha e não foi a eventos públicos.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

O presidente Jair Bolsonaro (PL) teve encontro com pastores na cidade de Betim, em Minas Gerais. O candidato à reeleição também esteve em Belo Horizonte, onde discursou para apoiadores. Bolsonaro criticou a operação da Polícia Federal contra empresários bolsonaristas na terça-feira (23) e afirmou que os signatários da Carta pela Democracia deveriam se manifestar sobre o caso.

“O que aconteceu no tocante aos empresários agora, esses 8 empresários. Cadê aquela turminha da carta pela democracia? A gente sabe que em época de campanha eles continuam lobos em pele de cordeiro, vai acreditar que eles são democratas e nós não somos? Cadê a turminha da carta pela democracia?”, disse.

O candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, participou de caminhada no Paraná e detalhou o projeto de campanha que batizou de “Lei Antiganância”.

“Você toma R$ 100 emprestado e, qualquer que seja o prazo, quando você pagar R$ 200, a lei determina a quitação. O brasileiro hoje não sabe, mas ele toma R$ 100 emprestado e, em um ano apenas, ele está devendo R$ 400. Então eu quero colocar um limite, em que o dobro do valor emprestado seja o limite legal da dívida de todos os brasileiros”, disse.

Simone Tebet (MDB) visitou Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança e do Adolescente, em São Paulo. A candidata afirmou ser “completamente contra a posse de armas no Brasil” e que o tema “não é prioridade”.

“Posse de armas não é prioridade no Brasil. A prioridade do Brasil é combater a fome. A posse de armas, nos termos das leis, será fiscalizada, isso já está aí. Então, saberemos quem está comprando e de quem se está comprando, mas o meu governo terá foco em preparar as crianças nas escolas e proteger a família”, afirmou Tebet.

Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Jair Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB) são os únicos candidatos à Presidência que pontuam no agregador de pesquisas CNN/Locomotiva.

Debate

As emissoras CNN e SBT, o jornal O Estado de S. Paulo, a revista Veja, o portal Terra e a rádio NovaBrasilFM formaram um pool para realizar o debate entre os candidatos à Presidência da República, que acontecerá no dia 24 de setembro.

O debate será transmitido ao vivo pela CNN na TV e por nossas plataformas digitais.

*Com informações de Danilo Moliterno, Laura Slobodeicov, Bruna Macedo e Emanuelle Leones

Fonte cnnbrasil
você pode gostar também
×