Flavio Dino decide pedir apoio das Forças Armadas contra incêndios no Maranhão

Tempo estimado para leitura: 1 minuto(s)


O governador do Maranhão, Flávio Dino, irá pedir na segunda-feira o apoio das Forças Armadas nas ações de combate a incêndios na Amazônia, segundo informou sua assessoria. Enquanto isso, o governador do Amapá, Waldez Góes, vai definir na segunda se fará o mesmo. Esses são os dois únicos estados da região da Amazônia Legal  que ainda não foram incluídos na operação de  Garantia da Lei e da Ordem (GLO) determinada pelo presidente Jair Bolsonaro para conter as queimadas.

Até agora, o emprego dos militares já foi autorizado em sete estados: Rondônia, Roraima, Pará, Tocantins, Mato Grosso, Acre e Amazonas. O decreto que instituiu a GLO permite o reforço das Forças Armadas para os estados da Amazônia Legal desde que os governadores formalizem o pedido. Em seguida, um despacho presidencial oficializa a medida.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

No Amapá, representantes dos órgãos ambientais do estado vão apresentar, em uma reunião, dados referentes a queimadas e ao desmatamento, além de projeções. Após o encontro, o governador decidirá se vai formalizar o pedido de auxílio, segundo a Secretaria de Comunicação do estado.

Fonte diariodocentrodomundo
você pode gostar também