Fazendo oposição ao governo Carlesse, Vicentinho Júnior presidirá audiência na Câmara sobre extinção da Dracma

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


Acontece nesta quarta-feira, 4, na Câmara dos Deputados em Brasília/DF, a reunião da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado (CSPCCO) na qual representantes do governo do Tocantins devem apresentar aos parlamentares membros da comissão as justificativas para a extinção da Delegacia de Repressão a Crimes de Maior Potencial contra a Administração Pública (Dracma), que atuava no combate à corrupção e crimes contra a administração pública no estado.

Havia expectativa de que o próprio governador Mauro Carlesse (DEM) participasse da reunião, uma vez que foi convidado, mas o Palácio Araguaia informou que o secretário de Segurança Pública, Cristiano Sampaio representará o governo acompanhado do secretário executivo da SSP, Servilho de Paiva; do diretor da Delegacia de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (DRACCO), Evaldo de Oliveira Gomes; e do delegado chefe da Divisão de Repressão à Corrupção (DECOR), Guilherme Rocha Martins.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

Por ora, a presença de Carlesse foi um convite, mas o governador pode ser convocado uma segunda vez e, caso não compareça novamente, poderá ser penalizado. A comissão não informou qual penalidade pode ser aplicada.

O presidente da comissão, deputado federal Capitão José Augusto (PL), atendeu a um pedido do tocantinense Vicentinho Júnior (PL) para que este presida a reunião e dirija as perguntas aos representantes do governo. O parlamentar faz oposição à Carlesse.

A audiência pública acontece nesta quarta, às 16h30 e poderá ser acompanhada pela internet no canal da TV Câmara no Youtube.

você pode gostar também
×