Fachin autoriza acesso ao código-fonte da urna por nove militares

Integrantes das Forças Armadas representam o Ministério da Defesa na Comissão de Transparência Eleitoral

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Edson Fachin, autorizou aos militares das Forças Armadas o acesso ao código-fonte da urna eletrônica. De acordo com a decisão, o trabalho poderá ser feito até o dia 18 deste mês. O prazo inicial para a avaliação dos sistemas que serão usados na eleição deste ano era até o dia 12.

Os militares integram a Comissão de Transparência Eleitoral (CTE) desde o ano passado. Ao todo, nove foram autorizados a acessar o código-fonte. A inspeção é realizada no edifício-sede do TSE. O código-fonte é a base da programação das urnas e permite que, ao digitar os números dos candidatos, o eleitor faça sua escolha de votação.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

O programa de computador usado durante as eleições é desenvolvido pela própria Justiça Eleitoral. Fachin incluiu na comissão dois integrantes do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), a pedido das instituições citadas.

O grupo foi criado para fiscalizar as ações da Justiça Eleitoral, assim como sistemas de transmissão dos dados, de coleta do voto e as resoluções que normatizam o processo eleitoral. Os militares apresentaram uma série de questionamentos, como a necessidade de dar mais transparência à votação. Na semana passada, o coronel do Exército Ricardo Sant’Anna foi excluído do grupo por Fachin após ser acusado de espalhar fake news sobre o sistema eleitoral.

Em nota endereçada a Fachin, o Exército afirmou que a decisão foi unilateral, sem que a instituição fosse ouvida e, por isso, decidiu não indicar um novo nome para substituir o coronel.

Veja a lista de militares autorizados a acessar o código-fonte da urna:

Major Diego Bonato Langer (Força Aérea);
Capitão Davison Silva Santos (Força Aérea);
Primeiro-tenente Fernando Mascagna Bittencourt Lima (Marinha);
Primeiro-tenente Rafael Coffi Tonon (Marinha);
Primeiro-tenente Gabriel Heleno Gonçalves da Silva (Marinha);
Primeiro-tenente Lincoln de Queiroz Vieira (Exército);
Primeiro-tenente Gabriel Bozza (Exército);
Primeiro-tenente Yuri Rodrigues Fialho (Exército);
Primeiro-sargento David de Souza França (Força Aérea).

Fonte r7
você pode gostar também
×