Binance tenta preencher lacuna deixada pela FTX no lobby politico dos EUA

A exchange criou um PAC, uma espécie de comitê político que busca arrecadar dinheiro para candidatos

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


A ausência do megadoador de campanhas Sam Bankman-Fried e seus compatriotas da FTX dos círculos políticos dos Estados Unidos deixou um vazio no envolvimento da indústria cripto no setor. Parte desse espaço, no entanto, parece que vai ser preenchido pelo braço americano da exchange Binance.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

A Binance.US escolheu este momento para entrar na arena com seu próprio Comitê de Ação Política (PAC, na sigla em inglês), chamado de “Binance.US Innovation PAC”. Em resumo, um PAC é uma organização política criada com o objetivo de arrecadar e doar dinheiro para cadidatos. No Brasil, pelo menos no mercado de criptomoedas, isso ainda não é comum.

Embora a Binance ainda não tenha detalhado suas intenções, o comitê foi criado por meio de um documento enviado à Comissão Eleitoral Federal na segunda-feira (21).

O tesoureiro oficial da incursão da Binance na política dos EUA é Krishna Juvvadi, chefe jurídico da operação da exchange no país e ex-advogado regulatório do Uber. Ele e outros porta-vozes da empresa foram procurados, mas não responderam até a publicação deste texto. O nome do diretor de risco da Binance, Sidney Majalya, também foi listado em um dos registros como o agente designado.

Uma das exchanges rivais da Binance, a Coinbase, estabeleceu um PAC no início deste ano – chamado de “Coinbase Innovation PAC” –, embora tenha dado apenas US$ 38 mil até agora, de acordo com os registros da campanha federal.

Os holofotes do mercado cripto para doações políticas pertenciam a dois executivos da FTX – o ex-CEO Sam Bankman-Fried e o executivo Ryan Salame –, que injetaram dezenas de milhões de dólares em campanhas do Congresso em todo o país.

O Binance.US PAC chega no momento em que a poeira das eleições do Congresso baixou; portanto, ainda há dois anos completos para a exchange se preparar para as próximas corridas eleitorais, inclusive para a Casa Branca.

O CEO da Binance.US, Brian Shroder, fez individualmente doações relativamente pequenas a candidatos democratas no passado, incluindo o senador Raphael Warnock, quando ele estava concorrendo pela primeira vez, e ao Lincoln Project, comitê formado por republicanos para se opor ao ex-presidente Donald Trump.

Um PAC mais geral da indústria, chamado de GMI, obteve vários sucessos políticos nas eleições recentes. O grupo apoia candidatos comprometidos em abrir caminho para um mercado cripto mais seguro, competitivo e inovador.

Fonte infomoney
você pode gostar também
×