Araguaína recebe 1º Encontro de Capacitação do Selo Unicef

Tempo estimado para leitura: 3 minuto(s)


A Secretaria de Estado do Trabalho e da Assistência Social (Setas) participou, na manhã desta quinta-feira, 15, do 1º Encontro de Capacitação do Selo Fundo das Nações Unidas para Infância (Unicef) edição 2017-2020, realizado em Araguaína. A capacitação tem como objetivo qualificar a atuação nos processos de elaboração, execução, monitoramento e avaliação de políticas públicas, sendo o primeiro momento de aproximação com os municípios após o processo de adesão.

Na solenidade de abertura, a secretária de Estado de Trabalho e da Assistência Social (Setas), Patrícia do Amaral, frisou sobre os trabalhos para reconhecimento do Selo. “Os municípios que conseguem obter o Selo Unicef serão reconhecidos pelo trabalho desenvolvido nas ações de intersetoriedade, em áreas como Assistência Social, Saúde e Educação, por exemplo. Por isso, é importante trabalharmos, por meio de políticas públicas, para assegurar aos nossos jovens seus direitos garantidos e mudanças positivas na vida de cada criança e de cada adolescente”, comentou.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

O coordenador do escritório do Unicef, Antônio Carlos Cabral, afirmou que o Selo leva diversas contribuições para a gestão pública. “Nós contribuímos para realização de políticas públicas que coloquem a criança e o adolescente em evidência. E, para isso, ajudamos na capacitação e realizamos monitoramento de situações. Mas, para receber o Selo, o município deve alcançar os indicadores propostos dentro do cenário de avaliação de impacto social. Além disso, também são avaliadas as ações estratégicas desenvolvidas e precisam ser resolvidos os problemas ligados a saúde, educação, proteção e participação social”, considerou.

Já a articuladora do Selo Unicef no município de Itaguatins, Leia Mendes, falou da importância da capacitação. “O encontro é de fundamental importância, porque é o primeiro momento, após a adesão, que os municípios estão reunidos e poderão tirar dúvidas, compreender melhor as estratégias do Unicef e do Selo, além de entender a metodologia de trabalho para atingir as metas propostas”, disse.

Em sua 3ª edição, a adesão do Tocantins do Selo Unicef foi de 61%, com a participação de 87 municípios. Destes, 28 participam da capacitação na região polo de Araguaína nesta quinta e na sexta-feira, 16, e outros 45 já participaram das oficinas no início desta semana em Palmas.

Selo Unicef

O Selo é uma certificação internacional que reconhece avanços reais e positivos para vida de crianças e adolescentes, além de agregar a articulação aos municípios para o desenvolvimento de políticas públicas voltadas para o infantojuvenil. Representa uma iniciativa para melhorar as condições de vida de crianças e adolescentes no Semiárido Nordestino e na Amazônia Legal Brasileira, áreas que concentram o maior número de jovens em situação de vulnerabilidade social, como por exemplo, vítimas de violência, exploração de mão de obra infantil, entre outros.

você pode gostar também
×