Urnas eletrônicas que vão ser usadas na eleição suplementar passam por testes

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


Urnas eletrônicas vão passar por testes visuais nesta sábado (2). O objetivo é analisar se a data, sessão e outras informações estão corretas para enviar os equipamentos aos locais de votação. Em Araguaína, 311 urnas serão analisadas. A eleição suplementar será no próximo domingo (3).

O cartório eleitoral em Araguaína atende eleitores da 1ª e 34ª Zonas Eleitorais, que além de Araguaína, incluem Aragominas, Carmolândia, Muricilândia e Santa Fé.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

“A cerimônia de conferência visual das urnas vai ser realizada no sábado, às 9h, para verificar se a urna está com a data certa, se está com o horário certo e se tiver algum tipo de defeito, a gente substitui no sábado de manhã. A partir das 13h no sábado, a gente vai fazer montagem e distribuição das urnas nos locais de votação, que são 47 [em Araguaína e região]”, explicou o chefe do Cartório Eleitoral, Amilton Brasileiro.

O estado do Tocantins conta com mais de 1 milhão de eleitores, sendo que Palmas é o maior colégio eleitoral com 182 mil pessoas aptas a votar, na sequência vem Araguaína com 110 mil.

No próximo domingo, das 8h às 17h, os eleitores vão eleger o candidato para o mandato tampão. O governador eleito ficará no cargo até dezembro deste ano. Concorrem ao pleito: Carlos Amastha (PSB), Kátia Abreu (PDT), Mauro Carlesse (PHS), Marcos Souza (PRTB), Márlon Reis (Rede), Mário Lúcio Avelar (PSOL) e Vicentinho Alves (PR).

Fonte G1 Tocantins
você pode gostar também