Rodovias no Tocantins seguem interditadas por causa de protestos de caminhoneiros

Tempo estimado para leitura: 1 minuto(s)


O protesto dos caminhoneiros continua no Tocantins em vários trechos de rodovias federais e estaduais. O motivo é a alta dos combustíveis. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, há interdições em Colinas do Tocantins, Fortaleza do Tabocão, Paraíso do Tocantins, Gurupi e Pedro Afonso. Em Alvorada, também foi registrado protesto, mas não há interdição. Os atos começaram nesta segunda-feira (21).

Um dos organizadores do movimento em Paraíso do Tocantins, Amaury Lima, disse que vai intensificar o movimento nos trechos da TO-080 que dão acesso a Palmas. “Vamos fechar o trecho da TO-080 que liga Paraíso do Tocantins a Palmas e no trecho que dá acesso a Divinópolis. Queremos fechar todas as entradas e impedir a passagem de caminhões-tanque para que os postos não sejam abastecidos”, informou.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

Em Gurupi, caminhões estão parados na beira da BR-153. Eles usam faixas para informar sobre o movimento e colocam pneus na pista para impedir a passagem de caminhonetes e caminhões.

Segundo a PRF, a interdição é nos seguintes trechos:

Colinas do Tocantins – BR-153, km 245
Fortaleza do Tabocão – BR-153, km 360
Paraíso do Tocantins – BR-153, km 492
Gurupi – BR-153, km 674
Pedro Afonso – BR-235, km 64

você pode gostar também
×