Falta de combustível faz moradores do MA atravessarem ponte para abastecer no Tocantins

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


Moradores de Estreito (MA) atravessaram a ponte que faz divisa com o Tocantins em busca de combustível. Um posto localizado na BR-153 em Aguiarnópolis, norte do estado, informou que desde esta quarta-feira (23), clientes maranhenses e de cidades vizinhas abastecem no local.

Este é o quatro dia do protesto dos caminhoneiros. Eles bloqueiam vários trechos de rodovias em todo o país e impedem a passagem de caminhões-taque, que levam combustível para os postos.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

Segundo funcionários, os clientes disseram que na cidade maranhense não há mais combustível à venda. O detalhe é que a gasolina no posto do Tocantins também acabou na manhã desta quinta-feira (24).

Um levantamento feito pelo G1 e TV Anhanguera na manhã desta quinta-feira (24) apontou que de 50 postos de combustíveis, pelo menos 34 estão sem gasolina em Palmas. A falta de combustíveis foi registrada em Paraíso do Tocantins, Porto Nacional, Guaraí, Gurupi e outras cidades do interior.

Em um posto da Arse 21 (antiga 204 Sul) ainda há combustível. Clientes fazem uma fila gigante e esperam horas para abastecer. Um tipo de gasolina oferecida pelo postos está sendo vendido a R$ 7, 15.

Em Lajeado, cidade localizada na região central do Tocantins, moradores fizeram fotos e vídeos e publicaram nas redes sociais para reclamar do preço da gasolina cobrado por um posto. O valor chegou a R$ 7,99. O dono do estabelecimento negou.

Fonte G1 Tocantins
você pode gostar também