Paralisação de caminhoneiros completa quatro dias e deixa mais de 30 postos sem gasolina em Palmas

Tempo estimado para leitura: 1 minuto(s)


Um levantamento feito pelo G1 e TV Anhanguera na manhã desta quinta-feira (24) apontou que de 50 postos de combustíveis, pelo menos 34 estão sem gasolina em Palmas. A falta do produto é motivada pelo protesto dos caminhoneiros. No Tocantins, eles bloquearam oito trechos de rodovias federais. Este é o quatro dia do protesto. A falta de combustíveis foi registrada em Paraíso do Tocantins, Porto Nacional, Guaraí, Gurupi e outras cidades do interior.

Alguns estabelecimentos não atenderam as ligações. Outros têm um baixo estoque de gasolina, álcool e diesel, que podem acabar a qualquer momento.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

Em um posto da Arse 21(antiga 204 Sul) ainda há combustível. Clientes fazem uma fila gigante e esperam horas para abastecer. Um tipo de gasolina oferecida pelo postos está sendo vendido a R$ 7, 15. Durante a manhã houve confusão no local.

Em Lajeado, cidade localizada na região central do Tocantins, moradores fizeram fotos e vídeos e publicaram nas redes sociais para reclamar do preço da gasolina cobrado por um posto. O valor chegou a R$ 7,99. O dono do estabelecimento negou.

Fonte G1 Tocantins
você pode gostar também