Aplicação das provas do Concurso Público da Assembleia Legislativa acontece dias 13 e 14 de Abril

A direção da Fundação Getúlio Vargas (FGV) apresentou à Comissão de Concurso Público da Assembleia Legislativa do Tocantins (Aleto), o planejamento para aplicação das provas do certame do legislativo estadual.

As provas acontecerão nos dias 13 e 14 de abril, de forma regionalizada em nove municípios tocantinenses: Araguaína, Araguatins, Arraias, Dianópolis, Guaraí, Gurupi, Palmas, Paraíso do Tocantins e Tocantinópolis. Essa distribuição abrange nove das 30 maiores cidades do Tocantins em termos populacionais, incluindo sete municípios que estão no top 10 dentre os mais populosos.

De acordo com o diretor-adjunto da FGV, Carlos Augusto, a instituição está mobilizando todos os recursos necessários, inclusive do ponto de vista tecnológico e de inteligência, para garantir um ambiente seguro aos candidatos. “É um concurso que tem que ter cuidado, como todo concurso. A pessoa que estudou, que se inscreveu, que dedicou seu tempo, quer um concurso seguro. E isso a FGV vai garantir segurança e tranquilidade para todos os candidatos”, afirmou.

De acordo com o vice-presidente da Aleto, deputado estadual Ivory de Lira (PCdoB), os pontos apresentados pela FGV para a etapa de execução do concurso público aumentaram a confiança em todo o processo.

“Temos uma avaliação muito positiva da reunião. Foi uma demonstração de credibilidade deste concurso público, realizado pela FGV, que é uma instituição com um ótimo conceito no Brasil inteiro. E esse é um momento importante para a Assembleia Legislativa, que há quase 20 anos não realiza concurso público. Portanto, o concurso é uma necessidade que está sendo suprida com muita responsabilidade, credibilidade e transparência”, avaliou o parlamentar.

O encontro contou com a participação dos deputados Júnior Geo (Podemos) e Wiston Gomes (PSD); do diretor geral da Aleto, Irisfran de Sousa; do presidente da Comissão de Concurso da Aleto, o procurador-geral Alcir Raineri; e demais diretores de áreas estratégicas e operacionais do Poder Legislativo.

Relação de candidatos por cidade

A FGV também apresentou à Comissão de Concurso, a relação consolidada das inscrições homologadas com o quadro demonstrativo de candidatos nas cidades em que as provas serão aplicadas.

Ao todo, foram deferidas 29.974 inscrições considerando os editais nº 1/2023 e nº 2/2023. Palmas, ficou com o maior número de inscrições deferidas, com 20.161; seguida de Araguaína, com 2.697; e Gurupi, com 1.875 inscrições.

Inscrições homologadas por cidade

– Araguaína: 2.546 (quadro geral) | 151 (procurador jurídico)

Total: 2.697 inscrições homologadas

 

– Araguatins: 1.458 (quadro geral) | 80 (procurador jurídico)

Total: 1.538 inscrições homologadas

– Arraias: 650 (quadro geral) | 39 (procurador jurídico)

Total: 689 inscrições homologadas

– Dianópolis: 700 (quadro geral) | 19 (procurador jurídico)

Total: 719 inscrições homologadas

– Guaraí: 726 (quadro geral) | 18 (procurador jurídico)

Total: 744 inscrições homologadas

– Gurupi: 1.770 (quadro geral) | 105 (procurador jurídico)

Total: 1.875 inscrições homologadas

– Palmas: 19.261 (quadro geral) | 900 (procurador jurídico)

Total: 20.161 inscrições homologadas

– Paraíso do Tocantins: 900 (quadro geral) | 23 (procurador jurídico)

Total: 923 inscrições homologadas

– Tocantinópolis: 604 (quadro geral) | 24 (procurador jurídico)

Total: 628 inscrições homologadas

Total geral: 29.979 inscrições homologadas

Banner825x120 Rodapé Matérias
Fonte portalstylo
você pode gostar também
×