Palmas é destaque no ranking Melhores Cidades para Fazer Negócios e Cinthia comemora

Tempo estimado para leitura: 3 minuto(s)


Palmas se destacou em 2022 no estudo das Melhores Cidades para Fazer Negócios nos segmentos Comércio e Serviços ficando nas posições 9º e 12º lugar, respectivamente, no ranking que reúne os municípios com as 100 melhores notas. O levantamento, feito pela Urban Systems para a revista Exame, analisou indicadores e dados de 326 municípios, todos com mais de 100 mil habitantes. O estudo foi divulgado no dia 7 de dezembro deste ano, durante o Fórum Infraestrutura, Cidades e Investimentos. O objetivo do estudo é destacar as cidades mais atrativas para o desenvolvimento de negócios no Brasil, que avalia, além dos três segmentos já citados, Educação, Indústria e Agropecuária.

A prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro, destaca que a Capital tocantinense, apesar de ter apenas 33 anos, tem se transformado em um local atrativo para investidores. E sua característica de concentrar uma grande quantidade de serviços da administração pública gera uma demanda constante aos setores do comércio e serviços, além de outros setores da economia. “Por isso a Gestão Municipal tem feito a correção da inflação – data-base – dos salários dos seus servidores, pago os direitos atrasados e com uma política de antecipação salarial todo mês. É um dinheiro que fomenta a economia da nossa Capital e valoriza as pessoas que garantem o funcionamento dos serviços públicos municipais.”

-- Publicidade --

-- Publicidade --

“A gestão da prefeita Cinthia implementou ações concretas de desburocratização em cumprimento da Lei da Liberdade Econômica, onde mais de 600 atividades podem ser iniciadas na Capital sem a necessidade de primeiro obter a licença, são as atividades de baixo risco”, explica o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Emprego (Sedem), Gustavo Bottós. O gestor ainda ressalta a política tributária, onde impostos e taxas vêm sendo mantidas, sem aumentos; também a estruturação da Casa do Empreendedor, que reuniu todos os serviços aos empresários em um único lugar; e a política de crédito do Banco do Povo que injetou em Palmas nos últimos dois anos quase R$ 2 milhões, com juros baixos e com carência para iniciar pagamento.

Estudo
No recorte Comércio foram avaliados os indicadores do número de empregos e remuneração na área, renda do trabalhador, crescimento do número de estabelecimentos, crescimento populacional e acesso à banda larga de internet por habitantes. O levantamento mostra que na área Palmas teve uma variação positiva nos empregos no comércio varejista e atacadista, como também registrou crescimento no número de estabelecimentos e no acesso a internet e a renda média do trabalho formal na área é de R$ 4.050,00, ficando com uma nota 4,161. Em primeiro lugar ficou São Paulo (SP), com 5,193 pontos.

Saindo da 27ª posição para 12ª, Palmas garante 2,965 de pontuação em Serviços, sendo que a primeira colocada foi Barueri (SP) que teve 3,846 pontos. No segmento Serviços foram avaliados o número de empregos, variação da remuneração, renda dos trabalhadores, número de estabelecimentos, a velocidade média da internet e os empregos qualificados. O estudo apontou o aumento no número de empregos no setor, com destaque aos empregos qualificados. A Urban Systems excluiu os empregos gerados pela administração pública ao analisar o setor de Serviços.

“A Gestão Municipal tem o objetivo de avançar mais na oferta de capacitações, com oferta de cursos profissionalizantes em 2023 de forma gratuita e promover mecanismos de estímulo ao desenvolvimento econômico, como a regularização do distrito Industrial e o lançamento dos editais de uso dos quiosques”, anuncia secretário Bottós para este ano.

Fonte portalstylo
você pode gostar também
×