Brasil bate novo recorde com 3.780 mortes por Covid-19 em 24 horas

A maior marca até então havia sido registrada no dia 26 de março, quando foram contabilizadas 3.650 vítimas fatais

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


Brasil registrou 3.780 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, batendo o próprio recorde de vítimas fatais. Até então, a maior marca havia sido registrada no dia 26 de março, quando foram contabilizados 3.650 mortos. Com isso, o total de óbitos registrados desde o início da pandemia de Covid-19, em março de 2020, aumentou para 317.646. No mesmo período, o país registrou 84.494 novos casos, aumentando o número de infectados pelo novo coronavírus e suas variantes para 12.658.109. Tais números fazem do Brasil o segundo país mais atingido pela pandemia em números absolutos, superado apenas pelos Estados Unidos, que têm mais de 30 milhões de casos e 550 mil mortos pela doença. Os dados foram divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (CONASS) através de boletim atualizado às 18h desta terça-feira, 30.

Em números absolutos, o Estado de São Paulo segue sendo o mais atingido pela pandemia, com 2.446.680 casos e 73.492 mortos. Já em números proporcionais, o Amazonas é o Estado com a maior taxa de mortalidade (289,5 a cada 100 mil habitantes) enquanto que Roraima detém a maior taxa de incidência (14.719,3 a cada 100 mil habitantes). Com os novos números, a média móvel de mortes nos últimos sete dias aumentou para 2.710 sendo esse o maior número desde o início da pandemia. A média móvel de casos no mesmo período aumentou para 75.441, número menor que o recorde da pandemia: 76.5455.

Fonte jovempan
você pode gostar também