TSE autoriza candidaturas de Sofia Manzano e Vera Lúcia à Presidência

Ministro Ricardo Lewandowski também validou o PCB e o PSTU a participarem da disputa pelo Palácio do Planalto

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


O ministro Ricardo Lewandowski, do Tribunal Superior Eleitoral, deferiu o registro de candidatura de Sofia Manzano e Vera Lúcia para concorrerem à presidência da República nas eleições deste ano. Os registros de vices também foram autorizados para Antônio Alves da Silva Júnior (PCB) e Raquel Tremembé (PSTU).

-- Publicidade --

-- Publicidade --

O ministro também declarou o Partido Comunista Brasileiro (PCB) e o Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) habilitados a participarem do pleito.

O ministro afirmou que o os registros de candidatura foram regularmente preenchidos e instruídos com os documentos necessários.

“Anoto, também, que se encontram cumpridos os requisitos como relação atual de bens, fotografia recente, certidões criminais negativas para fins eleitorais, prova de alfabetização, proposta de governo.

“Em consulta ao DivulgaCandContas, concluo que estão preenchidas as condições de elegibilidade previstas como tem nacionalidade brasileira; está em pleno exercício dos direitos políticos; é alistada como eleitora; possui domicílio eleitoral na circunscrição do pleito; possui filiação partidária; e atende à idade mínima de trinta e cinco anos, aferida na data da posse, para concorrer ao cargo de Presidente da República”, afirmou.

A candidata do PCB à presidência, Sofia Manzano, informou à Justiça Eleitoral ter R$ 480 mil em bens. Já Antônio Alves, vice na chapa, declarou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) R$ R$13.300 mil em bens.

A candidata do Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) à presidência, Vera Lúcia, informou à Justiça Eleitoral ter um único bem registrado em seu nome: uma conta poupança com R$ 8.805 depositados.

Já Raquel Tremembé (PSTU), vice na chapa de Vera, declarou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) não possuir bens.

Debate

As emissoras CNN e SBT, o jornal O Estado de S. Paulo, a revista Veja, o portal Terra e a rádio NovaBrasilFM formaram um pool para realizar o debate entre os candidatos à Presidência da República, que acontecerá no dia 24 de setembro.

O debate será transmitido ao vivo pela CNN na TV e por nossas plataformas digitais.

Fonte cnnbrasil
você pode gostar também
×