Tarcísio confirma leilão de privatização da Emae para dia 10 de abril

O governador do Estado de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), confirmou na tarde desta quinta-feira, 29, durante leilão da privatização do Trem Intercidades Eixo Norte, que vai conectar a capital paulista a Campinas, no interior do Estado, que o leilão para privatização da Empresa Metropolitana de Águas e Energia (Emae) deve ocorrer no dia 10 de abril.

Como adiantou o Broadcast, o governador já tinha estipulado o início do processo para o mês de abril. O leilão, visto como um teste prévio para a venda da Sabesp, estava previsto para o primeiro trimestre de 2024, mas houve um atraso na definição do processo.

 

Operação atual

A Emae opera atualmente cinco usinas, que somam 960,8 megawatts (MW) de potência instalada. A maior parte dessa potência vem da usina hidrelétrica (UHE) Henry Borden, em Cubatão (SP), com 889 MW, e que tem contrato de concessão até janeiro de 2043. Também compõem o portfólio as estações de Porto Goés, Rasgão e Pirapora.

 

A empresa encerrou setembro com receita líquida acumulada em 12 meses de R$ 603 milhões e patrimônio líquido de R$ 1,16 bilhão. A companhia tem ainda diversos ativos imobiliários que serão incorporados ao processo de privatização.

Banner825x120 Rodapé Matérias
Fonte exame
você pode gostar também
×