Suspeito do sistema eleitoral, diz Bolsonaro na posse da nova presidente da Caixa

Presidente critica declaração do presidente do TSE, Edson Fachin, sobre auditorias

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a lançar suspeitas sobre o sistema de votação brasileiro durante o discurso de posse da presidente da Caixa, Daniella Marques, nesta terça-feira (5).

“Podemos confiar no sistema se no mundo ninguém aceita o que temos aqui a não ser Bangladesh e Butão? Que democracia é essa? Quem querem botar no poder? Suspeitar eu suspeito. Falaram que quem suspeitar vai ter o registro [eleitoral] cassado. Eu suspeito”, disse.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

Ele fez críticas ao presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Edson Fachin, que na última sexta-feira (1º), afirmou que auditorias no sistema de votação não servem para rejeitar o resultado das eleições.

“As auditorias não servem para modificar resultado da eleição. Serve pra quê auditoria?”, questionou Bolsonaro.

Ao final do discurso de cerca de 30 minutos, o presidente fez elogios à atuação da Caixa e à nova presidente do banco estatal.

“Não começa um a nova era aqui na Caixa. A Caixa continua. Tem agora uma presidente, que é competente, que mostrou lá atrás seu valor, que lutou, que se empenhou. É difícil ver mulher na economia. Cuidado Paulo Guedes [ministro da Economia]. O espaço da mulher é em qualquer lugar, não precisa de cotas pra mulher, ela vai com seus próprios méritos”, declarou.

Marques substitui Pedro Guimarães, que deixou o cargo depois de ser alvo de denúncias de assédio sexual e moral feitas por funcionárias do banco.

Debate

CNN realizará o primeiro debate presidencial de 2022. O confronto entre os candidatos será transmitido ao vivo em 6 de agosto, pela TV e por nossas plataformas digitais.

*Com informações de Malu Mões

Fonte cnnbrasil
você pode gostar também
×