Posse de Moraes no TSE deve reunir Bolsonaro, Lula, Ciro e Tebet

Candidatos à Presidência da República já confirmaram presença na cerimônia; TSE terá esquema de segurança reforçado

Tempo estimado para leitura: 1 minuto(s)


ministro Alexandre de Moraes, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), toma posse como presidente da corte nesta terça-feira (16), e quatro candidatos à Presidência da República devem comparecer à cerimônia: Jair Bolsonaro (PL), Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB).

Ao longo do dia, Bolsonaro e Lula terão compromissos em Minas Gerais e São Paulo, respectivamente, que marcarão o início da campanha eleitoral dos dois. À noite, eles viajam a Brasília para acompanhar a posse de Moraes. Ciro Gomes começa o primeiro dia da campanha eleitoral com agenda de rua em São Paulo, pela manhã. O único compromisso público de Tebet para esta terça-feira, por enquanto, é a cerimônia no TSE.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

Devido à presença dos políticos, a posse vai ocorrer sob esquema de segurança reforçado. A solenidade tem início às 19 horas, na sede do tribunal, em Brasília. Ao todo, foram distribuídos 2.000 convites para a cerimônia.

Moraes chamou para a sua posse todos os ex-presidentes da República. Além de Lula, ele convidou Michel Temer, Dilma Rousseff, Fernando Henrique Cardoso, Fernando Collor e José Sarney. Na cerimônia, o ministro Ricardo Lewandowski vai assumir o posto de vice-presidente do TSE.

Fonte r7
você pode gostar também
×