Osires Damaso recebe representantes da Besouro Agência de Fomento Social

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


Na manhã desta terça-feira, 20, o deputado federal, Osires Damaso (PSC/TO), recebeu no seu gabinete, em Palmas, o diretor de operações, na Região Norte do Brasil, da Besouro – Agência de Fomento Social, juntamente com a responsável pelos projetos da instituição, Raísa Carvalho Peçanha.

Na oportunidade, os representantes solicitaram apoio ao deputado para a implementação do Programa Empreenda Jovem – Ensinando o Caminho do Empreendedorismo no Tocantins.

Após parabenizar o parlamentar federal pelo trabalho desenvolvido em prol da juventude tocantinense, o diretor explicou que o programa Juventude Empreendedora 2.1 foi lançado em maio deste ano pela Agência Besouro junto ao Conselho Nacional da Juventude e ao Fórum da Juventude dos Países de Língua Portuguesa com o objetivo de capacitar os jovens a empreender e gerar renda.

Promovido em todo o Brasil de maneira gratuita, o programa obteve mais de 38 mil jovens inscritos, em 2021, sendo 7.400 inscrições realizadas somente no Tocantins, um aumento, segundo o diretor, de mais de 1.200% em relação a 2020 quando o Estado obteve apenas 561 inscritos.

“Os jovens são não só o futuro como também parte significativa do presente da nossa sociedade. É de suma importância capacitá-los para um mercado de trabalho cada vez mais exigente, sendo o empreendedorismo uma saída plausível para a geração de emprego e renda em todo o país”, ressaltou o Damaso.

Empreenda Jovem

De acordo com a Besouro, o programa Empreenda Jovem – Ensinando o Caminho do Empreendedorismo, tem como objetivo prestar consultoria ativa e reativa para Jovens Empreendedores em situação de vulnerabilidade social formados no Curso de Capacitação Juventude Empreendedora 2021, para que possam desenvolver habilidades em ferramentas de gestão e possam dar andamento aos seus negócios de forma organizada e orientada, aumentando sua autoestima, conhecimento, geração de renda e inserção no mercado de trabalho.

No Tocantins, a ideia é atender um total de 600 jovens.

 

Fonte conexaoto
você pode gostar também