O Brasil que pensa perdeu a paciência com a prisão política de Lula

Tempo estimado para leitura: 1 minuto(s)


Aos poucos, aumenta o número de manifestações contra a prisão política do ex-presidente Lula. São declarações solitárias e coletivas.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

Neste sábado (14), por exemplo, o PCO (Partido da Causa Operária) sacudiu a Vigília Lula Livre, em Curitiba, pela liberdade do ex-presidente.

O ex-senador Roberto Requião (MDB-PR), presidente de honra da Frente Ampla pela Soberania, afirmou hoje que a violência contra o processo legal, a violação continuada do direito, fazem de #Lulalivre uma bandeira de defesa do direito e da ordem legal no país.

Nas redes sociais a temperatura também se eleva, a ponto de chamarem de F.D.P. aqueles que mantêm Lula preso desde 7 de abril de 2018.

Fonte esmaelmorais
você pode gostar também
×