MPE pede impugnação da candidatura de Carlesse, que se diz tranquilo e confiante na Justiça

Procurador eleitoral argumenta que Carlesse está inelegível.

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


O Ministério Público Eleitoral (MPE) entrou com ação de impugnação de registro de candidatura contra o ex-governador Mauro Carlesse (Agir), que concorre ao cargo de senador da República.

A petição foi protocolada às 23h29 deste sábado (20/8) no Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), pelo procurador regional eleitoral João Gustavo de Almeida Seixas. O relator do pedido é o juiz Rodrigo de Menezes Santos.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

O procurador eleitoral argumenta que Carlesse encontra-se inelegível por oito anos, pois renunciou em 11 de marco de 2022 ao seu mandato de governador do Estado do Tocantins quando já havia sido recebida uma representação pela Assembleia Legislativa do Tocantins (Aleto) visando autorizar a abertura de processo de impeachment, o que faz incidir a causa de inelegibilidade.

Na época, Carlesse foi alvo de representação por crime de responsabilidade em razão de suposta participação em esquema criminoso direcionado ao recebimento de propina por agentes públicos envolvendo serviços vinculados ao Plano de Assistência a Saúde dos Servidores Públicos do Estado do Tocantins (Plansaúde), pratica dos delitos de corrupção passiva e ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Clique aqui e confira na íntegra o pedido de impugnação contra Carlesse

O QUE DIZ CARLESSE

Carlesse afirmou, em nota, que recebeu com muita tranquilidade a informação da ação do Ministério Público Federal em relação ao registro de sua candidatura.

A nota ressalta que a ação foi protocolada faltando sete minutos para o fim do prazo dos pedidos de impugnação, sendo a única que contesta a candidatura de Carlesse.

“Fato que reafirma a sua elegibilidade, pois se fosse o contrário, haveriam inúmeras ações no mesmo sentido”, afirma a nota.

Carlesse disse que mantém sua confiança na Justiça e apresentará, por meio de seus advogados, a defesa em relação a esse processo. Mantendo a convicção de que terá aprovado o registro de sua candidatura, Carlesse continuará normalmente sua campanha rumo ao Senado Federal.

Fonte afnoticias
você pode gostar também
×