Moro critica Lula sobre Cuba: “Não dá para flertar com o autoritarismo”

Petista minimiza a falta de liberdade em Cuba e critica embargo dos EUA

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


O ex-juiz Sergio Moro (Podemos) acusou o ex-presidente Lula (PT) de flertar com o autoritarismo pelo petista minimizar a falta de liberdade em Cuba e criticar o embargo dos Estados Unidos.

Moro fez o comentário em seu perfil no Twitter, na tarde deste domingo (21.nov.2021).

-- Publicidade --

-- Publicidade --

O ex-juiz rebateu a crítica de Lula, publicada em entrevista ao jornal espanhol El País. Na ocasião, Lula disse que não se preocupa com a possível candidatura de Moro à Presidência. “É ele quem precisa ficar”, comentou.

Na mesma entrevista, o petista minimizou as restrições aos direitos humanos em Cuba. O país proibiu recentemente manifestações políticas.

Eis a íntegra dos comentários de Lula ao El País sobre o caso:

“Essas coisas não acontecem só em Cuba, mas no mundo inteiro. A polícia bate em muita gente, é violenta. É engraçado porque a gente reclama de uma decisão que evitou os protestos em Cuba, mas não reclama que os cubanos estavam preparados para dar a vacina e não tinham seringas, e os americanos não permitiam a entrada de seringas. Eu acho que as pessoas têm o direito de protestar, da mesma forma que no Brasil. Mas precisamos parar de condenar Cuba e condenar um pouco mais o bloqueio dos Estados Unidos.”

“Quem decide a liberdade de Cuba se não o povo cubano? O problema da democracia em Cuba não será resolvido instigando os opositores a criar problemas para o Governo. Será conquistada quando o bloqueio acabar.”

Fonte poder360
você pode gostar também