Margareth Menezes é convidada para assumir o Ministério da Cultura na gestão Lula

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, em reportagem publicada nesta sexta-feira (9)Margareth Menezes teria aceitado assumir o futuro Ministério da Cultura, que será refundado na gestão de Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, a partir de 2023.

Papelpop procurou a assessoria de imprensa da cantora baiana de 60 anos para comentar o suposto convite. A equipe de Margareth confirmou a existência da proposta, mas detalhou que nada está definido.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

Veja nota:

“Apesar da matéria da Folha, o posicionamento que temos é de que sim, houve o convite para a pasta, mas não há nada definido ainda.”

A apuração do repórter Claudio Leal, da Folha, dá conta de afirmar que a cantora e atriz foi uma indicação da socióloga e futura primeira-dama, Janja da Silva, que comanda a cerimônia de pose que acontecerá no próximo dia 1.º de janeiro.

O jornal paulista revelou, também, que Menezes não era a primeira opção. O rapper Emicida e a atriz Marieta Severo teriam sido convidados, mas não aceitaram o convite. Esta última, inclusive, supostamente foi sondada pelo próprio Lula, que volta à Brasília para cumprir seu terceiro mandato.

Nesta sexta-feira (9), uma hora antes do jogo da Seleção Brasileira contra a Croácia na Copa do Mundo 2022, o governo de transição de Lula anunciou cinco ministros das principais casas: Fernando Haddad será Ministro da Fazenda; Rui Costa comandará a Casa Civil; Flávio Dino será o responsável pela Justiça e Segurança Pública; José Múcio Monteiro será da Defesa; e Mauro Vieira será Ministro das Relações Exteriores.

Até o momento, não se tem uma informação oficial à respeito do nome que ficará a frente do Ministério da Cultura.

Fonte papelpop
você pode gostar também
×