Lula promete criar ministério para pequena e média empresa se eleito

Em encontro com empresários, petista afirmou ainda que é preciso “enquadrar” Banco do Brasil para que instituição não atue como “banco privado”

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) prometeu nesta quarta-feira (17) criar o “Ministério da Pequena e Média Empresa” caso seja eleito em outubro. A promessa foi feita em encontro com empresários, em São Paulo.

“Nós vamos recriar alguns ministérios. Eu não sei se está funcionando o Ministério da Pequena e Médio Empresa. Isso vai ter que funcionar. Eu já disse que vou criar o Ministério dos Povos Originários, para que o índio seja ministro, para que o indígena ou uma mulher possa ser ministra”, disse no evento.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

O petista também prometeu “recuperar” o Ministério do Turismo. Segundo o presidenciável, a pasta tem potencial “extraordinário” para contribuir na “geração de empregos”.

Em outro momento do encontro, o candidato falou sobre a renegociação de dívidas adquiridas por parte da população durante a pandemia de Covid-19. Lula afirmou que o Banco do Brasil é “bonzinho” somente se houver “orientação governamental”. Caso contrário, segundo ele, a instituição atua como “um banco privado”.

“É preciso que a gente enquadre o Banco do Brasil e nós vamos voltar com o objetivo de fazer os bancos públicos virarem bancos públicos. Nós não queremos que os bancos públicos tenham nenhum prejuízo, mas não queremos que eles queiram ter os mesmos lucros do banco privado. Eles têm que prestar uma função social a esse país”, afirmou.

O petista também garantiu que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) deixará de conceder empréstimos a “grandes empresas”. Em vez disso, “vai ter que se dedicar a emprestar para pequenos e médios empresários”, disse.

Debate

As emissoras CNN e SBT, o jornal O Estado de S. Paulo, a revista Veja, o portal Terra e a rádio NovaBrasilFM formaram um pool para realizar o debate entre os candidatos à Presidência da República, que acontecerá no dia 24 de setembro.

O debate será transmitido ao vivo pela CNN na TV e por nossas plataformas digitais.

Fonte cnnbrasil
você pode gostar também
×