Lula critica debates eleitorais no Brasil e quer mudança no modelo atual

Tempo estimado para leitura: 1 minuto(s)


Mauro Lopes, Brasil 247 – Depois da entrevista à mídia independente nesta quarta-feira (19), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu os jornalistas para um almoço. Nele, fez uma crítica ácida ao modelo de debates eleitorais do país: “o modelo de debates não funciona”. Ele disse que a dinâmica de 1 minuto de pergunta, dois de resposta, depois outro tanto de réplica e tréplica não permite debate algum.

Debate não é uma questão de princípio para a mídia conservadora. Quando Fernando Henrique deixou de comparecer a todos os debates em 1998, disse Lula, “a mídia silenciou, porque tinha um pacto para elegê-lo a todo custo”. “Mas -acrescentou- quando deixei de ir em 2006, fizeram escândalo e deixaram uma cadeira vazia”.

Lula não afirmou que irá se ausentar dos debates da eleição de 2022, mas acenou que poderá não comparecer a eles se forem realizados nos moldes tradicionais. Lula simpatiza com a ideia de dialogar com bancadas de jornalistas em entrevistas individuais.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

Como líder inconteste da corrida eleitoral, ele não quer se desgastar com candidatos desesperados e agressivos como Bolsonaro, Moro, Ciro e Doria.

Fonte brasil247
você pode gostar também