Lula: Brizola segue vivo no coração dos que acreditam em um mundo mais justo

Presidente Lula celebrou os 101 anos de nascimento do ex-governador e líder trabalhista Leonel Brizola, que morreu em 2004

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


247 – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva lembrou que neste sábado (22) o ex-governador e líder trabalhista Leonel Brizola faria 101 anos se estisse vivo.

“Uma das figuras políticas mais brilhantes da história do país, que tanto contribuiu para a nossa democracia. Grande defensor da educação e direitos para os que mais precisam. Brizola segue vivo no coração dos que acreditam em um mundo mais justo”, escreveu o presidente Lula pelo Twitter.

Em Porto Alegre, o PDT organizou neste sábado (21) uma homenagem a Brizola junto à estátua do ex-governador localizada entre a Catedral e o Palácio Piratini, em Porto Alegre. O ato contou com a presença do presidente nacional da sigla, o ministro da Previdência, Carlos Lupi, da deputada estadual Juliana Brizola, e do deputado federal reeleito Pompeo de Mattos, além de outros militantes.

Lupi ainda afirmou que, como presidente da sigla, posição que ocupa desde 2004, com a morte de Brizola, trabalha com outros partidos a criação de fórum permanente em defesa da democracia. “Repito sempre que a democracia é que nem o ar, o oxigênio. Ninguém toca, ninguem vê, mas ninguém vive sem”, disse Lupi na ocasiã, segundo o Correio do Povo.

Neta de Brizola, Juliana ressaltou que os recentes atos extremistas contra os Três Poderes, em Brasília, no dia 8 de janeiro, aumentaram a importância de eventos simbólicos como esse. “Acho que é sempre importante relembrar Leonel Brizola por sua história, sua coerência política, sobretudo neste momento. Brizola defendeu a legalidade daqui deste palácio. Sua grande arma foi o microfone de uma rádio, de um porão”, lembrou a parlamentar.

Fonte brasil247
você pode gostar também
×