Goiás também adota medidas de contenção de despesas nos primeiros dias de gestão

Tempo estimado para leitura: 1 minuto(s)


Não só o Tocantins adotou medidas de contenção de despesas nos primeiros dias de mandato. A vizinha Goiás também deliberou ações semelhantes. Por meio de Decreto, o governador Ronaldo Caiado (DEM) estabeleceu medidas de contenção de gastos com pessoal e outras despesas correntes na administração pública. O texto prevê reavaliação de todos os contratos e até de licitações em curso com objetivo de buscar uma renegociação para uma redução de preços dos objetos.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

O Decreto também suspende temporiamentes os gastos com: capacitação de servidores públicos, admissão de pessoal em regime temporário, contratação de estagiários, diárias, promoção ou progressão funcional, patrocínio, apoio ou colaboração para eventos; aquisição e locação de imóveis e veículos; e até com  locação de aeronaves e fornecimento de passagens aéreas com destino a Brasília.

Todo o acompanhamento e avaliação das medidas previstas no Decreto serão realizados por Comitê Gestor – vinculado à Secretaria da Fazenda de Goiás -, que também será responsável por propor atos que visem à redução de despesas e ao incremento de receitas e deliberar sobre as situações excepcionais.

Fonte Cleber Toledo
você pode gostar também
×