Dorinha se manifesta contra aplicação do Enem nos próximos dias 17 e 24

Para a parlamentar, o posicionamento é baseado em defesa da saúde e bem estar dos estudantes de todo Brasil.

Tempo estimado para leitura: 1 minuto(s)


A presidente da Frente Parlamentar Mista da Educação no Congresso Nacional e deputada federal Professora Dorinha (DEM) se manifestou contrária a realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que estão marcadas para os dias 17 e 24 de janeiro. Para a deputada, o posicionamento é baseado em defesa da saúde e bem estar dos estudantes de todo Brasil.

“Estamos vivendo a segunda onda da pandemia da Covid-19, por isso, para a segurança de todos os estudantes e envolvidos no exame defendo que ele seja adiado. São 5,78 milhões de inscritos que deverão estar reunidos por 5h30 e em ambiente fechado. O momento não é oportuno”, pontuou a parlamentar.

A decisão da deputada está em conformidade com o posicionamento do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), que também defende a não realização das provas nos próximos dias. Segundo o G1, nesse último domingo, 10, o país superou mil mortes pela Covid-19 na média móvel após 5 meses.

A variação, segundo o Ministério da Saúde, foi de +65% se comparado à média dos 14 dias anteriores, em que indicava a tendência de crescimento nos óbitos pela doença.

Fonte t1noticias
você pode gostar também