Cotado para a Fazenda, Haddad diz que se reunirá com economistas da transição nesta semana

Ex-ministro afirmou que foi 'autorizado' por Lula a interagir com grupo, mas desconversou ao ser questionado sobre ministério. Governo eleito ainda não tem ministros confirmados.

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


O ex-ministro Fernando Haddad (PT) afirmou nesta segunda-feira (28) que vai se reunir, nos próximos dias, com os integrantes da transição de governo que atuam em grupos de trabalho da área econômica.

Haddad, que disputou o governo de São Paulo e foi derrotado em segundo turno por Tarcísio de Freitas (Republicanos), é um dos principais cotados para assumir o Ministério da Fazenda do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

-- Publicidade --

-- Publicidade --

“Eu não sei quem vai estar aqui. Sei que vou ter uma conversa com o Guilherme Mello amanhã à tarde, vou ter um café da manhã com o Gabriel Galípolo, devo encontrar o Nelson Barbosa. Estou autorizado pelo presidente a interagir com os integrantes do grupo de economia, e eventualmente participar de reuniões”, disse Haddad.

Os economistas citados por Haddad fazem parte da transição de governo e são quadros próximos da cúpula do PT:

 

Questionado diversas vezes se tinha sido convidado para a Fazenda – e se aceitaria eventual convite –, Haddad desconversou e afirmou que atua na transição como “colaborador” de Lula.

“Eu não vou emitir opinião porque eu vou me reunir a partir de amanhã com alguns integrantes do grupo de Economia. E obviamente, como é uma decisão que cabe ao governo, que vai compor a sua equipe, eu estou aqui na condição de colaborador. Para dar opiniões sobre como eu acho que deve ser conduzido esse assunto. Mas vou fazer isso reservadamente”, disse.

Fonte globo
você pode gostar também
×