Centro firma “pré-compromisso” por 3ª via, mas não define nome

Encontro organizado por Mandetta reuniu presidentes de 5 partidos em almoço sobre cenário para 2022

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


Reunião dos presidentes de 5 partidos de centro realizada nesta 4ª feira (16.jun.2021) terminou com “pré-compromisso” sobre a necessidade de uma 3ª via contra “extremos”. No entanto, nenhum nome foi definido para possível candidatura contra o presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições de 2022.

O encontro foi organizado pelo ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, que tem se colocado como presidenciável, em residência no Lago Sul, onde funciona o escritório MK Advogados, de Rafael Moreira Mota e Daniel Ayres Kalume Reis.

Participaram do almoço Bruno Araújo (PSDB), ACM Neto (DEM), Renata Abreu (Podemos), Roberto Freire (Cidadania), José Luiz Penna (PV), Herculano Passos (MDB), Áureo Ribeiro (Solidariedade) e Mendonça Filho (DEM).

Após a reunião, Mandetta disse que o encontro é o início de uma “caminhada” e que se tornaria “rotina“. Um novo encontro ficou marcado para daqui a duas semanas.

Um conceito de unidade, pacificação, de zelo pela democracia. Os partidos todos falando a mesma língua. (…) Esse conceito de perceber que os 2 extremos não pacificam o país, que agravam a crise brasileira. Esse foi o ponto principal dessa conversa“, afirmou.

O presidente do PSDB, Bruno Araújo, falou que os partidos buscam diálogo com uma “maioria silenciosa”, que não declara apoio nem ao projeto bolsonarista e nem à candidatura petista.

Essa é uma maioria silenciosa, que nem tá com bandeira na rua e nem tá em cima da moto no fim de semana. É para esses brasileiros que queremos falar“, disse.

Representando o presidente do MDB, Baleia Rossi, que não compareceu ao encontro, o deputado Herculano Passos afirmou que o grupo deve indicar um nome até o início de 2022. ACM Neto deixou o encontro sem falar com a imprensa.

Os presidentes do PDT, PSL, e Novo, Carlos Lupi, Luciano Bivar e Eduardo Ribeiro, respectivamente, foram convidados, mas não compareceram no almoço nem mandaram representantes.

Ribeiro disse ao Poder360 que “houve um desencontro de informações e o convite não chegou a mim”“Não participei do almoço, mas certamente participaremos das conversas”, declarou.

Fonte poder360
você pode gostar também