Bolsonaro: Tarcísio fará “trabalho semelhante ao meu” em SP

Presidente afirmou que ministro da Infraestrutura é uma “esperança” para o governo do Estado de São Paulo

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou nesta 5ª feira (13.jan.2022) que o ministro Tarcísio de Freitas (Infraestrutura) é uma “promessa” e “esperança” para o governo do Estado de São Paulo. O chefe do Executivo reafirmou que Tarcísio será candidato e disse que, caso eleito, fará “trabalho semelhante” ao seu à frente do país.

“Tarcísio pode sim ser uma esperança para São Paulo. Pode ter certeza, ele ganhando as eleições, porventura, vai fazer um trabalho semelhante ao meu a começar pela escolha do seu secretariado, que tem que ser tecnicamente escolhido. A dificuldade grande que tive no começo foram as pressões políticas”, disse live semanal nas redes sociais.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

Bolsonaro estava acompanhado de Tarcísio na transmissão ao vivo. Segundo o chefe do Executivo, o ministro tem “sabe dos problemas do Brasil todo”, mas não saberá “certos problemas” específicos de São Paulo.

“Conversei com o Tarcísio, ele topou ser pré-candidato ao governo do Estado de São Paulo. […] É um empreendedor e sabe realmente dos problemas do Brasil todo. Logicamente, não vai saber com profundidade, com particularidade certos problemas do Estado de São Paulo, assim como eu não sei do Brasil”, afirmou.

Assista (2min25s):

Na live, o ministro não falou sobre sua pré-candidatura, seguindo orientação do próprio presidente. Se limitou a dizer “é isso aí” depois da fala de Bolsonaro sobre as eleições.

“Ele quer, no meu entender, contribuir para com o Brasil disputando eleições por São Paulo. Alguma coisa mais, Tarcísio? É bom não falar, não falar muito, não. Fica quieto aí”, disse Bolsonaro rindo.

O ministro ainda não está filiado a um partido político. Bolsonaro articula para que Tarcísio dispute o pleito pelo PL de Valdemar Costa Neto. Em São Paulo, o presidente também deve apoiar a candidatura de Paulo Skaf, presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), para uma vaga ao Senado.

Fonte poder360
você pode gostar também