Bolsonaro marca encontro para receber apoio oficial de Caiado nesta quinta (6)

Será o quinto governador reeleito a visitar e apoiar o presidente, depois dos de MG, RJ, DF e PR; antes, haverá reunião com a bancada de deputados eleitos e reeleitos do PL

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


O governador reeleito pelo estado de GoiásRonaldo Caiado (União), visita nesta quinta-feira (6) Jair Bolsonaro (PL), em Brasília, para formalizar o apoio ao candidato à reeleição no segundo turno da disputa presidencial contra Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Apesar de a agenda não ter sido divulgada oficialmente, a CNN apurou que o encontro do presidente com o governador goiano será no Palácio da Alvorada, às 11h30. Caiado será o quinto governador estadual a declarar apoio a Bolsonaro após se reeleger.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

Antes mesmo do posicionamento oficial do União Brasil, nesta quarta-feira (5), Ronaldo Caiado havia confirmado a aliados o apoio a Bolsonaro no segundo turno das eleições. A declaração ocorreu durante reunião virtual com prefeitos e deputados goianos.

Caiado já foi aliado de Bolsonaro, mas chegou a romper a relação com o presidente da República em 2020, em meio as discussões sobre as orientações sanitárias adotadas pelos Estados durante a pandemia de Covid-19.

Jair Bolsonaro anunciou que receberia o apoio de Caiado pessoalmente, sem citar detalhes, nesta quarta (5), após se reunir com o governador reeleito do Paraná, Ratinho Junior (PSD), também no Alvorada. Ratinho foi o quarto chefe de executivo estadual a ser recebido pelo presidente esta semana e o segundo no mesmo dia.

Busca por apoio

Antes do encontro com Ronaldo Caiado, Bolsonaro recebe, às 9h, no Alvorada, a bancada de deputados federais eleitos e reeleitos pelo Partido Liberal — mesma legenda pela qual concorre.

O encontro servirá para firmar o compromisso de engajamento na campanha presidencial neste segundo turno, conforme pedido feito pelo próprio presidente da sigla, Valdemar Costa Neto.

Mais cedo, ainda nesta quarta (5), Bolsonaro recebeu no Alvorada o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), que também se sagrou vencedor nas urnas no primeiro turno.

Na terça (4), Bolsonaro recebeu os governadores de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo) — também no Alvorada — e o do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL) — este, no Palácio do Planalto. Ambos conseguiram se reeleger no último domingo (2), sem necessidade de segundo turno.

Fonte cnnbrasil
você pode gostar também
×