2022: Raul diz que nomes lançados não empolgam a opinião pública, vê Gomes como a união e não descarta Senado

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


Maju Cotrim

O cenário de 2022 no Tocantins ainda é um quebra cabeça em fase de montagem. Embora haja muitos nomes pré-colocados muitas águas ainda vão rolar.

A Gazeta começou a semana conversando com o ex prefeito de Palmas, Raul Filho, atualmente filiado ao MDB.

“No quadro geral vejo assim: começando da política nacional o país vive uma crise de ausência de líderes muito grande… não tem um líder que consiga inspirar na sociedade o sentimento de confiança, a gente vive isso”, disse.

“Vivemos o mesmo cenário no Estado, os candidatos que se colocaram, eles se movimentam mas nenhum nome empolgou a opinião pública, que emocione”, disse.

“Tive por muitas vezes a reação gostosa da opinião pública de que representávamos bem esse segmento e vejo hoje parece que falta emoção no eleitor, é uma ausência de líderes, estamos vivendo esse momento”, disse.

Eduardo Gomes: a união

Raul, por sua vez, destacou que considera o melhor nome o do senador Eduardo Gomes, que não se manifestou ainda sobre possível candidatura mas que já tem torcida e apoios em todo Estado.

“Vejo um nome hoje com toda das condições de unir a opinião pública e segmentos, vive um momento bom…. vejo o Eduardo como um grande momento para ele”, afirmou. Ele disse aguardar com expectativa a posição do senador se vai disputar ou não.

MDB

“Pretendo continuar no MDB, um partido que gosto da relação que tenho com os companheiros… mas pra que isso aconteça tenho que ouvir qual o projeto o partido tem… até agora o partido não se manifestou… se pretende disputar majoritário ou não d quais nomes”, afirmou.

Qual sua pretensão?

Raul disse não ter definido qual cargo disputará no próximo ano. “Não tenho essa posição”, disse. Raul não descartou a possibilidade de uma candidatura ao Senado.

console.log(‘Aud01’);

Fonte gazetadocerrado
você pode gostar também