Polícia Civil prende sete suspeitos de praticarem assaltos contra motoboys em Araguaína

Investigações começaram em 2020, após diversos entregadores serem assaltados com violência. Ação é chamada de operação Drive Thru.

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


Sete pessoas foram presas pela Polícia Civil suspeitas de praticarem diversos assaltos contra motoboys em Araguaína, no norte do Tocantins. Ao todo, 20 suspeitos foram indiciados, sendo que três são considerados foragidos. A ação é chamada de operação Drive Thru.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

As investigações começaram em 2020, após diversos entregadores serem assaltados com violência na cidade. A operação é coordenada pela Delegacia de Repressão a Roubos (DRR). O inquérito foi concluído recentemente e o balanço das ações divulgado nesta terça-feira (12).

“No decorrer das investigações, percebemos que, especialmente no período pandêmico, houve um considerável aumento no número de roubos à mão armada e com uso de extrema violência contra motoboys de Araguaína, uma vez que a demanda pelo serviço de entregas teve uma alta muito grande em virtude da pandemia do novo-coronavírus”, explicou o delegado Felipe Crivellaro.

Durante a investigação os policiais identificaram vários homens suspeitos de atacar os entregadores. O delegado pediu a prisão de 10 dos indivíduos. “Por meio das investigações de campo e também com auxílio de imagens que mostravam os ataques foi possível identificar os suspeitos. Desse modo efetuamos as prisões de sete suspeitos mediante cumprimento a mandados de prisão preventiva.”

Durante a operação também foram recuperaram várias motocicletas roubadas.

Os sete presos estão na Unidade Penal de Araguaína. Três são considerados foragidos da Justiça. Outros dez suspeitos foram indiciados e vão responder pelo crime de roubo com emprego de arma de fogo.

Fonte globo
você pode gostar também