Alaídes Pereira é a primeira mulher a assumir função de alto comando na PMTO

A coronel Alaídes Pereira Machado assumiu a função de subchefe do estado maior da Polícia Militar do Tocantins desde o dia 10 de novembro de 2020

Tempo estimado para leitura: 4 minuto(s)


A coronel da Polícia Militar, Alaídes Pereira Machado, é a primeira mulher a ocupar a função de subchefe do estado maior da PM do Tocantins, cargo que compreende o escalão de alto comando da instituição, sendo a terceira na hierarquia de comando. A cúpula do comando da PMTO é composta pelo comandante-geral, chefe do estado maior e subchefe do estado maior.

 

Com 25 anos de serviços prestados na instituição, a oficial é a mulher mais antiga na PMTO, e já ocupou diversas funções na corporação ao longo de sua história, como comandante da Academia de Polícia Militar Tiradentes (APMT), diretora  do Colégio Militar de Palmas, Unidade II, assessora jurídica da PMTO, chefe da seção de planejamento PM/3-EM, diretora de gestão profissional da PMTO, dentre outras.

 

Atualmente, além de subchefe do estado maior, coronel Alaídes também é coordenadora estadual do PROERD – Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência. Em sua gestão à frente do PROERD, o programa superou os 450 mil atendimentos e contemplou 100% dos municípios tocantinenses, atingindo ainda aldeias indígenas.

 

“Ver as mulheres ocupando cargos de alto escalão dentro de uma instituição tão importante e respeitada como a Polícia Militar do Tocantins, nos enche de orgulho. Sinto-me agradecida a Deus e honrada com a nova e nobre missão de subchefe do estado maior”, revelou coronel Alaídes.

 

A oficial lembra que quando ingressou na PMTO, no ano de 1995, o quadro de oficiais feminino era separado e as policiais só podiam chegar ao posto de capitão. No entanto, em 1996 houve a unificação dos quadros, não diferenciando a carreira entre homens e mulheres. Ela ressalta que as mulheres vêm conquistando e ampliando cada vez mais seu espaço e prestígio na sociedade e na Polícia Militar não é diferente.

 

“O fato de ser a primeira mulher na tríade do comando aumenta e muito nossa responsabilidade tanto institucional como social. Ocupar esse cargo representa uma ascensão na carreira profissional e uma maior participação no nível estratégico da instituição. Tenho consciência desse momento histórico do qual faço parte e dos novos desafios que tenho pela frente. Sinto-me agradecida pelo apoio e confiança recebido do comando e da tropa, e preparada pelas formações técnicas e experiências obtidas ao longo do exercício da carreira, que nos habilitam e capacitam para as mais diversas funções institucionais”, disse a subchefe do estado maior da PMTO.

 

O comandante-geral da PM, coronel Jaizon Veras Barbosa, destacou a competência e dedicação da coronel Alaídes durante toda a sua carreira, assumindo funções basilares na PMTO. “É muito gratificante para a PMTO ter a Coronel Alaídes em uma das funções mais importantes da corporação, a oficial conquistou este espaço e evidencia a força feminina em nossa Instituição. A experiência construída em sua carreira aliada ao comprometimento e a técnica da militar contribuirão diretamente para as ações estratégicas exigidas pela função de subchefe do estado maior da PMTO”, finalizou o coronel Jaizon.

 

Coronel Alaídes

 

A coronel Alaídes Pereira Machado é natural de Dueré – TO, nascida em 24 de janeiro de 1971, casada com Luís Antônio Pereira Coelho, com quem tem três filhos: Júlia, Lívia e Artur.

 

Iniciou sua carreira militar no ano de 1995, no curso de formação de oficiais realizado na Academia de Polícia Militar do Estado de Goiás, sendo a primeira colocada do curso. Foi declarada aspirante a oficial em 27 de novembro de 1997. No ano de 2005 concluiu em segunda colocação o Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais – CAO, pela Academia de Polícia Militar do Estado de Alagoas.

 

É bacharel em segurança pública pela Academia de Polícia Militar do Estado de Goiás, bacharel em direito pela Universidade Federal do Tocantins – UFT. Pós-graduada em direitos humanos e cidadania pela Fundação Universidade do Tocantins – Unitins. Pós-graduada em docência do ensino superior pelo Instituto Geralda Aldira. Pós-graduada em estudos de política e estratégia pela Escola Superior de Guerra – Adesg. Pós-graduada em altos estudos em segurança pública – CAESP em parceria com a Universidade Estadual de Goiás – UEG.

 

Condecorações: medalha de mérito Policial Militar Tiradentes na Polícia Militar do Estado do Tocantins.

 

Homenagens: diploma de mulher cidadã em março de 2019, pela Assembleia Legislativa do Tocantins. Moção de aplausos em sessão ordinária do dia 01 de setembro de 2020, em comemoração ao dia internacional da mulher.

Fonte t1noticias
você pode gostar também