Bolsas de NY fecham em alta, em meio a avaliações sobre dados dos EUA

o S&P 500 foi quem mais subiu, com alta de 0,36%

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


Por Gabriel Bueno da Costa – Os mercados acionários de Nova York registraram ganhos, nesta quarta-feira, sem muito impulso. Investidores avaliaram indicadores e também a ata da mais recente reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), enquanto entre os setores do S&P 500 o de energia esteve mais pressionado, em nova jornada de queda para o petróleo.
O índice Dow Jones fechou em alta de 0,23%, em 31.037,68 pontos, o S&P 500 subiu 0,36%, a 3.845,08 pontos, e o Nasdaq teve alta de 0,35%, a 11.361,85 pontos.

Na agenda de indicadores, o índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto dos Estados Unidos recuou de 53,6 em maio a 52,3 em junho, segundo a S&P Global. Apenas no setor de serviços, houve queda de 53,4 a 52,7, na mesma comparação, ante previsão neste caso de 51,4 dos analistas ouvidos pelo Wall Street Journal. Já na leitura do Instituto para Gestão da Oferta (ISM, na sigla em inglês), o PMI de serviços do país caiu de 55,9 em maio a 55,3 e junho, mas melhor que a previsão de 54,0 dos analistas.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

O relatório JOLTS, por sua vez, mostrou que a abertura de postos de trabalho recuou a 11,254 milhões em maio. Segundo o Morgan Stanley, o JOLTS é mais uma evidência de desaceleração no mercado de trabalho. Mas o banco diz não haver evidência de “colapso”, no quadro atual.

O Fed, por sua vez, voltou a lançar foco sobre a inflação elevada, em sua ata. Caso as expectativas para os preços aumentem mais, o BC americano afirmou que agirá rápido para conter o quadro, reafirmando a intenção de levar a inflação à meta de 2%.

Nas bolsas, o quadro de altas modestas prevaleceu em boa parte do dia, sem impulso. Além do setor de energia, o financeiro esteve sob pressão, enquanto concessionárias e tecnologia estiveram entre as maiores altas. Entre alguns papéis importantes, Amazon subiu 0,73%, Apple ganhou 0,96% e Microsoft, 1,28%, com Alphabet em alta de 1,16%. Boeing, por outro lado, recuou 1,01%, Chevron teve baixa de 1,32% e ExxonMobil, de 1,80%. Tesla fechou em baixa de 0,57% e General Motors caiu 3,40%.

Fonte einvestidor
você pode gostar também
×