BC vai voltar a devolver dinheiro esquecido em janeiro

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


Banco Central (BC) anunciou semana passada que vai retomar o processo de devolução de valores esquecidos em contas bancárias através do Sistema Valores a Receber (SVR).

Ainda sem data definida para a liberação da consulta ao público, a operação terá início em janeiro, quando as instituições passam a ter o dever de encaminhar os dados de todos os tipos de valores a devolver para o BC.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

Inclusão de herdeiros

Uma novidade será a divulgação a terceiros de informações de valores de pessoas falecidas. Com a reabertura do SVR, herdeiros, testamentários, inventariantes ou representantes legais da pessoa falecida poderão, mediante o aceite de um Termo de Responsabilidade, consultar a existência de valores a devolver de titularidade de pessoa falecida e saber como resgatar esse montante.

Valor que ainda está “esquecido”

Atualmente, o estoque de valores a devolver registrados no SVR é de R$ 4,6 bilhões, sendo R$ 3,6 bilhões para 32 milhões de CPFs; e R$ 1 bilhão para 2 milhões de CNPJs. Mas esse valor pode mudar quando as novas informações forem disponibilizadas a partir de janeiro.

Dinheiro devolvido

As instituições já devolveram R$ 2,36 bilhões para 7,2 milhões de pessoas físicas e 300 mil pessoas jurídicas. Desse total, R$ 321 milhões foram devolvidos via Pix a 3,7 milhões de beneficiários que clicaram diretamente no sistema para solicitar os valores. O restante foi devolvido mediante contato prévio do beneficiário com a instituição, por telefone, e-mail, agência ou outros canais de atendimento.

Fonte istoedinheiro
você pode gostar também
×