Reino Unido: governo de Liz Truss tem 80% de reprovação, segundo pesquisa

Resultados da pesquisa do YouGov vêm após Truss reverter o corte no imposto corporativo e demitir ministro das finanças Kwasi Kwarteng

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


A gestão da primeira-ministra do Reino UnidoLiz Truss, recebeu reprovação de 80% dos britânicos, conforme a pesquisa do YouGov divulgada nesta terça-feira (18).

O índice de aprovação da premiê, ainda de acordo com o YouGov, é de 10%. A pesquisa foi conduzida entre os dias 14 e 16 de outubro e apresenta um declínio no índice de popularidade da primeira-ministra britânica.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

A pesquisa anterior, realizada entre 11 e 12 de outubro, apresentava um índice de aprovação de 15% para Liz Truss.

“Quatro em cada cinco adultos britânicos (80%) agora veem Truss de forma desfavorável, com 62% que a veem de forma muito desfavorável. A pontuação de favorabilidade líquida da primeira-ministro agora é de -70, uma queda de 14 pontos desde a semana passada”, aponta o YouGov.

Os últimos resultados da pesquisa vêm após Truss reverter o corte no imposto corporativo e demitir Kwasi Kwarteng como ministro das finanças, substituindo-o por Jeremy Hunt.

A pesquisa ouviu 1.724 adultos.

 

A primeira-ministra do Reino Unido, Liz Truss, pediu desculpa por “erros” em seu programa que fizeram com que a confiança dos investidores evaporasse e seus índices nas pesquisas despencassem, mas disse nesta segunda-feira (17) que não vai renunciar.

“Quero aceitar a responsabilidade e pedir desculpa pelos erros cometidos”, disse Truss à BBC.

“Eu queria agir, ajudar as pessoas com suas contas de energia a lidar com a questão dos altos impostos, mas fomos longe demais e rápido demais.”

Liz Truss

Eleita primeira-ministra do Reino Unido, Liz Truss assumiu oficialmente o cargo em 6 de setembro, após se encontrar com a rainha Elizabeth II no Castelo de Balmoral, na Escócia.

A ex-secretária de Relações Exteriores derrotou Rishi Sunak  na corrida para se tornar líder do Partido Conservador.

Ela substituiu Boris Johnson, que foi forçado a renunciar depois que seu governo perdeu o apoio dos legisladores em meio a uma série de escândalos e renúncias de ministros.

Truss herdou um país em crise, com contas para a população em crescimento. Ela havia prometido anteriormente o corte de impostos com o objetivo de ajudar a melhorar as condições do custo de vida dos britânicos.

Fonte cnnbrasil
você pode gostar também
×