Três pessoas morrem afogadas só neste fim de semana no Tocantins; já são 41 neste ano

Casos ocorreram em Luzimangues, Porto Nacional e Muricilândia.

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


Mergulhadores do Corpo de Bombeiros Militar (CMB-TO) atuaram em três resgates de vítimas de afogamentos só neste fim de semana no Tocantins. Os números que já não eram baixos ficaram ainda maiores. Atualmente, o estado soma 41 mortes nesse tipo de ocorrência apenas neste ano de 2020. Só na semana passada foram quatro registros.

No final da tarde desse domingo (26), os mergulhadores foram acionados para resgatar o corpo de um jovem de 25 anos no Córrego do Móia, em Luzimangues. O distrito pertence ao município de Porto Nacional e fica próximo de Palmas.

Segundo relatos, Lucas de Sousa Alves estava acompanhado de outras três pessoas e o grupo tentou atravessar o córrego. Durante a travessia, o jovem começou a se afogar e sumiu nas águas, não retornando mais à superfície.

Durante as buscas, os bombeiros observaram que o local tinha muitos galhos, troncos e pouca visibilidade, exigindo novas estratégias na execução do trabalho. Por volta das 18h57, o corpo foi localizado a cerca de quatro metros de profundidade e a cerca de 50 metros da margem.

Porto Nacional

Outro afogamento também foi registrado em Porto Nacional nesse domingo. Conforme os bombeiros, Vanderlan Xavier da Silva teria tido um surto por volta das 04h da madrugada e resolveu entrar na água, ocasião em que se afogou e desapareceu na água. Três pessoas que estavam com ele ainda tentaram encontrá-lo, mas sem sucesso.

Os bombeiros localizaram o corpo por volta das 14h ao realizarem mergulhos no local do afogamento, que tinha cerca de dois metros de profundidade. O Instituto Médico Legal assumiu o caso em seguida.

Muricilândia

O terceiro afogamento ocorreu na zona rural de Muricilândia, norte do estado, por volta das 19h de sábado (25), no Rio Murici. A vítima era Antônio Gomes da Silva, 60 anos.

Segundo informações de testemunhas, ele estava pescando quando o barco virou e não mais foi visto. Antônio era morador do Assentamento Mata Azul, que fica a cerca de 20 km da cidade.

Na manhã de domingo, uma equipe de mergulhadores do Corpo de Bombeiros de Araguaína executou buscas no local e encontrou o corpo logo nas primeiras horas. Moradores do assentamento ajudaram nas buscas.

Fonte afnoticias
você pode gostar também