Secretária do Tesouro dos EUA virá ao Brasil para reunião do G20 e irá ao Chile

A secretária do Tesouro dos Estados UnidosJanet Yellen, se juntará a autoridades financeiras do Grupo das 20 principais economias (G20) para reuniões em São Paulo na próxima semana, e depois seguirá para Santiago, Chile, para encontros bilaterais, informou o Tesouro norte-americano nesta quarta-feira.

As reuniões do G20 acontecem dias após o marco de dois anos da invasão russa na Ucrânia, e à medida que o presidente norte-americano, Joe Biden, um democrata, continua em desacordo com a Câmara dos Deputados dos EUA, controlada pelos republicanos, sobre uma ajuda de mais de 61 bilhões de dólares à Ucrânia.

Durante suas reuniões no Brasil, Yellen irá “reiterar o apoio resoluto da América à Ucrânia, enquanto marca o segundo aniversário da invasão ilegal da Rússia”, disse o Tesouro norte-americano.

O Tesouro dos EUA disse que Yellen reafirmará o compromisso do governo Biden em fornecer à Ucrânia “o apoio necessário para sustentar sua defesa, negar à Rússia acesso ao dinheiro e armas de que necessita para travar sua guerra ilegal e responsabilizar a Rússia”.

Biden disse a repórteres na terça-feira que os EUA anunciarão um grande pacote de sanções contra a Rússia na sexta-feira em resposta à morte do líder opositor russo Alexei Navalny e à guerra na Ucrânia.

As sanções mais recentes à Rússia visarão uma série de itens, incluindo as bases industrial e de defesa do país, juntamente com fontes de receita para a economia, disse o conselheiro de segurança nacional da Casa Branca, Jake Sullivan.

Yellen trabalhará com suas contrapartes para fortalecer a coordenação e colaboração no apoio à Ucrânia e na punição à Rússia, acrescentou.

Ela também coordenará com os pares do G20 para abordar “as consequências humanitárias e econômicas do conflito no Oriente Médio e contrapor atores regionais desestabilizadores”, acrescentou, sem mencionar especificamente Israel ou Gaza.

As reuniões de Yellen também enfatizarão a importância da ação coletiva, concentrando-se em reformas de bancos multilaterais de desenvolvimento, fortalecimento do Fundo Monetário Internacional, enfrentamento das mudanças climáticas e abordagem do problema da dívida soberana.

A secretária se reunirá com autoridades brasileiras como parte de um esforço mais amplo de Washington para aprofundar os laços bilaterais com o Brasil, visto como um parceiro econômico chave, enquanto os EUA trabalham para reduzir sua dependência da China sobre bens essenciais.

No Chile, Yellen se encontrará com autoridades do governo e líderes do setor privado para aprofundar os laços econômicos bilaterais com o país que é um importante fornecedor de minerais críticos e que está trabalhando para promover a energia verde.

Banner825x120 Rodapé Matérias
Fonte dinheirama
você pode gostar também
×