Rota da Pecuária mostra exemplo de fazenda modelo na sucessão familiar agropecuária

Tempo estimado para leitura: 3 minuto(s)


Nesta quarta-feira, 29, a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro) e parceiros visitaram e conheceram pouco mais da gestão da Fazenda Aviação, localizada no município de Araguanã, região norte do Estado. A fazenda é também um modelo de sucesso na sucessão familiar na gestão agropecuária, tendo a frente uma mulher, a jovem Maira Marquez Araújo, de 33 anos. A Rota da Pecuária, em seu terceiro dia, encerra nesta sexta-feira, 1° de julho.

Esta é terceira parada da Rota da Pecuária, projeto que tem como objetivo apresentar as tecnologias das propriedades produtoras de gado de corte tocantinenses e mostrar, na prática, as diferentes tecnologias adotadas, os cenários e as novas perspectivas para o setor.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

A produtora, Maira Marquez, terceira na linha de sucessão, é responsável pela gestão da propriedade desde 2013. A fazenda aposta na criação de gado de corte, utilizando o sistema semiconfinamento. “A nossa experiência é adquirida no dia a dia na prática, aliado as tecnologias e uma gestão minuciosa, na qual estamos alcançando excelentes resultados”, detalhou.

Maira explicou ainda que foram utilizadas algumas mudanças para aumentar a produção da fazenda e “consequentemente o resultado operacional, isso permitiu dobrar a produção de arroba do gado, numa mesma área, sem muito investimento, apenas com manejo adequado”.

Investimentos

Entre as mudanças de melhoria na produção da fazenda estão os investimentos na capacitação constante da equipe, curral anti-stress, controle individual de animais via planilha por meio de software e apps, entre outras.

Participante

Também presente no terceiro dia da Rota da Pecuária, o agropecuarista Ricardo Andrade, criador de Nelore P.O (recria e engorda), na Fazenda Vale do Boi, município de Carmolândia destacou a importância do intercâmbio neste projeto. O produtor mora no Tocantins há 40 anos, ainda Goiás. “Nós investimos no melhoramento genético da raça nelore para venda de reprodutores, estamos ligados na difusão de tecnologia e o Rota da Pecuária promove essa de troca de experiência, apresentando mais tecnologias aos produtores, tornando mais eficiente e lucrativo”, explicou.

Valorização

Outro destaque na propriedade e valorização e qualificação de todos os funcionários. Atualmente são 20 contratados. “Oferecemos um melhor estrutura de moradia e trabalho para nossos funcionários. As duas casas residenciais não novas,o alojamento é novo, e todos passam por profissional constante, destacou Maira.

Bento Souza é um dos funcionários e trabalha como supervisor administrativo da fazenda. Ele disse que no dia a dia no trabalho busca “envolver todos os funcionários no desenvolvimento prático das atividades”.

Balanço Terceiro dia

A gerente de Pecuária da Seagro, Mara Luce, que acompanha a equipe da Rota da Pecuária falou da importância do projeto Rota da Pecuária para a pecuária tocantinense. “Nestes três dias de atividades foram muitos proveitosos, onde podemos estar juntos aos produtores e pecuaristas na troca de experiência e mostrando os avanços das tecnologias do setor agropecuário”, enfatizou.

Fonte portalstylo
você pode gostar também
×