Leonardo Maciel é o terceiro da oposição a lançar pré-candidatura à OAB-TO e defende gestão “impessoal”

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


A disputa pela seccional tocantinense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) ganhou mais um pré-candidato, Leonardo Maciel. O lançamento do projeto aconteceu na sexta-feira, 17, em Gurupi, e recebeu o nome de “Uma Nova Ordem”. Na ocasião, Paulo Izidio foi escolhido para buscar o comando da subseção gurupiense da entidade pelo grupo.

Apoios

-- Publicidade --

-- Publicidade --

A pré-candidatura de Leonardo Maciel foi lançada já com o apoio de Márcio Martins e Daniel Cervantes, que desistiram de uma indicação para ingressar no grupo “Uma Nova Ordem”. “Vejo pessoas comprometidas como a advocacia neste movimento e sei que temos um homem justo e preparado para assumir este desafio”, comentou Martins por meio da assessoria. O evento contou com representantes de Araguaína, Colinas, Gurupi, Paraíso do Tocantins, Pedro Afonso, Miracema, Porto Nacional e Palmas.

Independência

Leonardo Maciel fez um discurso em prol da independência da entidade e sugere que ainda há interferência política. “Não sou contra a política partidária, e a respeito, só acredito que a OAB serve para cobrar os políticos, como representante da sociedade civil organizada. O papel da OAB é fiscalizar os políticos, o judiciário, afinal, somos os representantes da sociedade civil organizada, e por isso, precisamos ter independência”, afirmou o pré-candidato, que acrescentou. “Uma OAB impessoal, menos a cara de um e mais a cara de todos”.

OAB não pode se deixar corromper

Pré-candidato do movimento “Uma Nova Ordem” para a subseção de Gurupi, Paulo Izidio também discursou no evento. “É a primeira vez que vejo um movimento de pré-campanha e disposição de nomes aqui em Gurupi com esta proporção. Nós estamos à disposição para servir a nossa classe e nós precisamos de uma OAB que realmente seja gerida por advogados, por quem sabe das nossas dificuldades do dia a dia. […] “Neste trabalho a OAB não pode se deixar corromper, por isso estamos aqui todos juntos abraçando esta ideia de uma nova ordem para o Tocantins”, afirmou.

Pré-candidatos

Leonardo Maciel se junta a Rita Rocha e Ester Nogueira na busca pela viabilização de uma candidatura de oposição à Ordem. O atual presidente da OAB do Tocantins, Gedeon Pitaluga, ainda não se posicionou publicamente sobre uma reeleição.

Fonte clebertoledo
você pode gostar também