Governador entrega 32 aparelhos de ultrassom aos municípios e 50 monitores cardíacos para hospitais

Tempo estimado para leitura: 4 minuto(s)


Monitores cardíacos atenderão unidades hospitalares estaduais

O governador em exercício do Tocantins, Wanderlei Barbosa, entregou na manhã desta sexta-feira, 19, equipamentos médicos que irão melhorar a oferta do serviço de saúde dos municípios e nos hospitais da rede estadual. Foram entregues mais 32 aparelhos de ultrassom para 32 cidades e 50 monitores cardíacos para a rede hospitalar. Os equipamentos foram adquiridos com recursos de emendas parlamentares da bancada federal.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

O governador Wanderlei Barbosa ressaltou que o objetivo da entrega, além do fortalecimento do serviço, será também desafogar as unidades regionais. “Esses aparelhos promoverão a descentralização dos serviços de saúde. Assim, nós conseguiremos levar aos municípios um atendimento de qualidade e com mais conforto, pois o cidadão não precisará sair de seu município para buscar atendimento fora”, destacou.

O prefeito de Mateiros, Pastor João, ressaltou que o aparelho de ultrassom vai ajudar também na economia do município. “Por dia, são pelo menos dois carros que nós temos que deslocar para Palmas ou Porto Nacional, levando os pacientes para fazerem esse exame. Então, a chegada deste aparelho ao município vai nos ajudar também a economizar”, frisou.

Os aparelhos de ultrassom serão usados para realização de exames de imagem, mas principalmente no cuidado com mulheres grávidas, o chamado pré-natal. O acompanhamento da gestação, por meio de ultrassonografias, possibilita identificar fatores de risco, bem como diagnosticar precocemente alguma complicação. Ao todo, 90 aparelhos de ultrassom foram entregues a 86 municípios tocantinenses. Cada aparelho custou R$ 155 mil e foram adquiridos por meio de duas emendas da bancada federal.

O secretário de Estado da Saúde, Afonso Paiva, destacou que uma assistência de pré-natal adequada é fundamental para a obtenção de bons resultados na gestação. “Os municípios têm que fazer um pré-natal bem feito, porque se fizerem esse pré-natal em seu município, é possível evitar complicações durante a gestação e no parto”, frisou.

Quem também comemorou o recebimento do aparelho de ultrassom foi o prefeito de Peixe, Augusto Cezar, o Cezinha. “O município está sem nenhum aparelho desse tipo e isso vai trazer também uma economicidade para o nosso município, além de poder ofertar um serviço de saúde de melhor qualidade para a nossa comunidade”, finalizou.

Todos os municípios que foram beneficiados com os equipamentos de ultrassom receberão também a montagem e a capacitação dos profissionais de saúde, por meio da equipe da Secretaria de Estado da Saúde.

Monitores cardíacos

Já os 50 monitores cardíacos serão distribuídos para as Unidades Hospitalares de gestão Estadual e terão como finalidade o aumento de leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) no Estado. Os equipamentos são do tipo multiparâmetros da marca Philips com custo unitário de R$ 44.494,12. Os recursos de investimento são oriundos de emenda parlamentar federal na ordem de R$ 2.224.706,00.

“A saúde pública é feita da união dos municípios, dos deputados estaduais, federais, e do Governador. Esses aparelhos entregues, hoje, são frutos dessa união. Com a chegada desses equipamentos, nós conseguiremos fazer cirurgias ortopédicas em municípios como Guaraí, Augustinópolis e outros. Com a colaboração de todos esses agentes, nós conseguiremos fazer uma saúde pública de qualidade”, destacou o secretário de Estado da Saúde, Afonso Piva.

Bancada Federal

O coordenador da bancada federal em Brasília, deputado Tiago Dimas, participou do evento e destacou a atuação dos parlamentares no que diz respeito à garantia de recursos para a saúde. “A bancada tem, ao longo desses anos, destinado muitos recursos, que vão além da aquisição de equipamentos, como custeio da saúde básica e ajudar os gestores municipais a garantir esse serviço. Para o orçamento de 2022, já garantimos mais R$ 27 milhões que serão distribuídos entre custeio, equipamentos, cirurgias e Hospital do Amor”, informou.

Na oportunidade, o governador Wanderlei Barbosa também ressaltou a parceria com a bancada federal em prol da saúde do Estado. “Eu sempre compreendi a importância do trabalho da bancada federal e não podemos, de maneira alguma, deixar que as diferenças ideológicas nos impeçam de discutir assuntos importantes para o nosso Estado. O nosso palanque pode ser diferente, mas o povo é o mesmo. Quem é atendido no sistema de saúde não tem partido”, finalizou.

Fonte ocoletivo
você pode gostar também