Após falas de Marcos Duarte, Defensoria cobra que Câmara de Araguaína adote ações antirracistas de cunho permanente

Tempo estimado para leitura: 1 minuto(s)


As falas racistas do vereador Marcos Duarte (SD) utilizadas para agradecer o apoio de Alcivan Rodrigues (Progressistas) na eleição da Mesa Diretora da Câmara de Araguaína ainda repercutem. O Núcleo Especializado de Questões Étnicas e Combate ao Racismo (Nucora) da Defensoria Pública (DPE) emitiu nota na quinta-feira, 30, para condenar o pronunciamento do parlamentar, que se referiu ao colega como “negro de alma branca”, e cobrar providências da Casa de Leis. “O quadro fático aqui apresentado é incoerente, inaceitável e desrespeitoso aos preceitos constitucionais que regem este país, solicitamos que a Câmara adote as medidas cabíveis no que tange ao caso, que o vereador [Marcos Duarte] se retrate publicamente e que estratégias antirracistas de cunho permanente sejam implementadas às atividades da Casa Legislativa”, diz Arthur Luiz Pádua Marques, coordenador do Nucora.

Leia a íntegra da nota:

-- Publicidade --

-- Publicidade --

Fonte clebertoledo
você pode gostar também
×