Wolff acha que ultrapassar a Ferrari mostra que a potência da Honda é “enorme”

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


O chefe da Mercedes, Toto Wolff, explicou que a vitória de Max Verstappen sobre Sebastian Vettel no Grande Prêmio da Austrália, demonstra o “enorme” poder que a Honda tem agora à sua disposição nesta temporada.

A Red Bull Racing mudou para as unidades de potência da Honda para esta temporada, depois que a fabricante japonesa impressionou com a equipe Júnior Toro Rosso no último ano.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

Nos estágios iniciais da temporada, o motor da Honda pareceu um pacote sólido, e se o Grande Prêmio da Austrália servir de base, a Red Bull poderá desafiar mais competitivamente a Mercedes e a Ferrari nesta temporada.

Verstappen terminou em terceiro no domingo, depois de realizar uma excelente ultrapassagem em Vettel na curva 3, na volta 31, e Wolff acredita que isso indica, a quantidade de potência que a Red Bull tem agora.

“Nós vimos como eles ‘comeram’ Sebastian na curva 3”, disse Wolff sobre a potência da Honda ao Motorsport.com. “A potência era enorme, e vê-los voltar forte, me faz feliz porque é um bom grupo de pessoas, e eles são homens realmente decentes”.

“A combinação com a Red Bull certamente se tornará uma ameaça. O nível de desempenho é tal, que você certamente deve tê-los no cálculo para o campeonato”.

Apesar da parceria entre a Red Bull e a Honda poder causar alguns problemas à Mercedes nesta temporada, Wolff explicou que está satisfeito com a montadora japonesa, após um período difícil com a McLaren algumas temporadas atrás.

“É o primeiro pódio desde o seu retorno e eles merecem”, continuou o austríaco. “Eles passaram por alguns momentos realmente difíceis, e vendo a Honda no pódio e vendo os caras felizes, é ótimo”, completou.

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DE SANYA | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 6ª etapa

 

Fonte Lance
você pode gostar também