Titi critica arbitragem e aponta o que decretou queda do Fortaleza: ‘Dois lances duvidosos’

Tempo estimado para leitura: 1 minuto(s)


Comissão técnica, torcedores e jogadores do Fortaleza dormirão de cabeça quente nesta quarta-feira (17), afinal, o Leão do Pici esteve próximo de fazer história no Maracanã ao abrir 2 a 0 contra o Fluminense, mas sofreu o empate no segundo tempo e deu adeus à Copa do Brasil por ter sido derrotado no agregado (3×2).

-- Publicidade --

-- Publicidade --

A eliminação da equipe cearense, no entanto, tende a repercutir por longos dias, já que os dois gols anotados nesta noite pelo Tricolor Carioca foram controversos: o primeiro, anotado por Ganso, saiu através de uma penalidade que parece ter sido falta fora da área; o segundo, marcado por Germán Cano, deixou dúvidas acerca de sua posição. Em entrevista concedida após o encerramento do duelo, o zagueiro Titi não hesitou em criticar a atuação da arbitragem no Maracanã.

“Não houve mudança de postura no segundo tempo. Foram dois lances que decretaram o empate, dois lances totalmente duvidosos. A meu ver, foi impedimento e não foi pênalti dentro da área. É difícil jogar no Maracanã.”

– Titi, em entrevista pós-jogo

Fora da Copa do Brasil, o Fortaleza agora foca suas atenções no Brasileirão, onde vive uma boa sequência de resultados. O time de Vojvoda volta a campo no próximo domingo (21), quando recebe o Corinthians, pela rodada 23 da Série A.

Fonte 90min
você pode gostar também
×