Os 4 coadjuvantes que fizeram a diferença no jogo entre Estados Unidos e País de Gales, pela Copa do Mundo

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


O primeiro empate da Copa do Mundo 2022 saiu após o jogo entre País de Gales Estados Unidos, nesta segunda-feira (21) em Al Rayyan, no Catar. Tim Weah e Gareth Bale foram os artilheiros na estreia, mas além dos atacantes outros jogadores se destacaram, então o 90min traz para você os detalhes que ajudam a contar a história do jogo no Estádio Ahmed bin Ali.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

1. Christian Pulisic

O gol poderia ter coroado a atuação do camisa 10, que esbanjou talento e qualidade técnica para construir as principais jogadas dos Estados Unidos e visão de jogo, algo fundamental na hora de servir Weah para abrir o placar

2. Harry Wilson

Galês do Fulham foi um dos melhores no meio de campo e se movimentou bastante, inclusive preenchendo espaços no ataque e ajudando a defesa, voltando até a própria área

3. Matt Turner

Goleiro dos Estados Unidos espalmou uma cabeçada firme de Ben Davies e ainda acertou o canto na hora do pênalti, além de mostrar segurança na defesa, e abusou dos lançamentos principalmente na hora de tiro de meta, algo que pode ser mais explorado pelo time escalando um jogador de referência no ataque que possa fazer o trabalho de pivô ou escorar para um dos jogadores que se movimentam mais, casos de Pulisic e Weah

4. Tyler Adams

O primeiro negro a ser capitão dos EUA em um Mundial foi bem nos lançamentos, acertou 90% dos passes, algo essencial para um meio-campista, e também foi um dos líderes em desarmes – quatro – no jogo

Fonte 90min
você pode gostar também
×