“Jogar pelo Lakers é diferente”, afirma LeBron James

Astro também falou sobre a pressão em vestir a camisa angelina

Tempo estimado para leitura: 2 minuto(s)


São quatro anos atuando como jogador do Los Angeles Lakers e, agora, mais do que nunca, LeBron James pode afirmar como é diferente fazer parte de uma das maiores franquias da NBA. A plataforma Disney + divulgou um trailer sobre a nova série do time angelino com o título Legacy: The True Story of the LA Lakers (em português: Legado: A Verdadeira História do LA Lakers). Neste recorte, James aparece falando sobre a pressão de fazer parte da organização.

 

“A pressão é realmente o que me motiva. Jogar nas cores roxa e dourada é uma sensação diferente”, afirmou LeBron logo no início do vídeo.

-- Publicidade --

-- Publicidade --

Quando chegou ao Lakers, em 2018, James surpreendeu novamente a torcida do Cleveland Cavaliers, que já havia perdido seu principal ídolo para o Miami Heat em 2010. Ao contrário do que aconteceu na Flórida, no entanto, essa mudança levantou muitas dúvidas, já que o Lakers não era um time competitivo na época.

Então, muitos acreditavam que LeBron fez essa escolha para começar uma transição de sua carreira para a aposentadoria. Afinal, uma de suas primeiras ações em Los Angeles foi começar a produção de do filme Space Jam 2. Entretanto, dentro de quadra ele provou o contrário mantendo seu alto nível de jogo. Como resultado, foi “premiado” com um título pela lendária franquia, na “bolha” da NBA, em 2020.

Da mesma forma, os números nunca mostraram que seu intuito no Lakers era apenas esperar a aposentadoria jogando por um grande time. Isso porque, em quatro temporadas pela equipe, LeBron soma médias de 27 pontos, oito rebotes, 8,2 assistências e 1,2 roubo de bola em 223 partidas disputadas.

Por outro lado, o discurso de LeBron James sobre ser diferente jogar pelo Lakers é plausível. Afinal, mesmo vencendo um campeonato pela franquia, os torcedores querem mais. Por isso, então, as criticas em relação à última temporada foram acaloradas. Mesmo recheado de jogadores experientes, o time da Califórnia não conseguiu desempenhar um bom jogo em quadra e terminou apenas na 11ª posição da Conferência Oeste.

Além disso, sabemos da mentalidade vencedora que James tem e, portanto, é possível concluir que ela faz jus à uma organização que não aceita derrotas e, muito menos, vexames como vimos em 2021/22.

Fonte jumperbrasil
você pode gostar também
×